66o Leilão de Biodiesel da ANP negocia 928,512 milhões de litros

No 66o Leilão de Biodiesel da ANP foram arrematados 928,512 milhões de litros de biodiesel (volume obrigatório e voluntário). Destes, 927,372 milhões de litros foram para mistura obrigatória, sendo 99,73% deste volume oriundo de produtores detentores do selo Combustível Social. O preço médio foi de R$ 2,287/L, sem considerar a margem Petrobras, e o valor total negociado atingiu o patamar de R$ 2,121 bilhão, refletindo num deságio médio de 24,69% quando comparado com o preço máximo de referência médio (R$ 3,037/L).

A apresentação das ofertas de biodiesel ocorreu no dia (01/04), com 39 produtores disponibilizando um volume total de 1,092 bilhões de litros, sendo 99,59% de produtores detentores do selo Combustível Social.

No primeiro dia de seleção das ofertas (08/04), foram arrematados 809,86 milhões de litros de biodiesel exclusivamente de produtores detentores de selo Combustível Social, em torno de 74,1% do total ofertado para todo o leilão.

No segundo dia de seleção das ofertas (10/04), foram arrematados 117,52 milhões de litros de biodiesel de produtores detentores ou não de selo Combustível Social, em torno de 10,75% do total ofertado no leilão.

A apresentação e a seleção de ofertas de biodiesel para mistura voluntária ao óleo diesel ocorreram no dia 12/04, quando foram disponibilizados 24,1 milhões de litros, sendo 100% de produtores detentores do selo Combustível Social. Este volume representa 14,56% do saldo total de oferta não vendida para fins de adição obrigatória. Foram negociados 1,14 milhão de litros de biodiesel, representando 4,73% do total ofertado no leilão autorizativo.

Os Leilões de Biodiesel destinam-se a atender o disposto na Lei no 13.263, publicada no DOU em 24/03/16, que estabelece em 10% o percentual mínimo obrigatório de adição de biodiesel ao óleo diesel vendido ao consumidor final (B10), em até trinta e seis meses após a data de promulgação da Lei.

O 66o Leilão (L66) visa garantir o abastecimento de biodiesel no mercado nacional durante o período de 01 de maio a 30 de junho de 2019, conforme diretrizes das Portarias do Ministério de Minas e Energia no 476, de 15/08/12, e no 576, de 11/11/2015, e critérios estabelecidos no Edital de Leilão Público no 002/19-ANP.

Os volumes comercializados somente serão validados após homologação pela diretoria da ANP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Petróleo despenca até 13% e WTI fica abaixo de US$ 70, com temor por nova cepa

Os contratos futuros do petróleo despencaram nesta sexta-feira, 26, com recuo de até 13%. Tanto em Nova York, quanto em Londres os ativos tiveram o pior desempenho desde o início de setembro, com o WTI tendo perdido a marca dos US$ 70.

Governo vende 55 milhões de barris de petróleo do pré-sal por R$ 25 bilhões

A PPSA (Pré-Sal Petróleo SA) vendeu nesta sexta-feira (26) 55 milhões de barris de petróleo do pré-sal que pertencem à União. Pelas cotações atuais, o leilão representa uma arrecadação de R$ 25 bilhões para o governo federal no prazo de cinco anos.

Opep+ monitora nova variante da Covid-19, com receios sobre perspectiva, dizem fontes

A Opep+ está monitorando os desenvolvimentos em torno da nova variante do coronavírus, disseram fontes nesta sexta-feira, com alguns expressando preocupação de que isso possa piorar as perspectivas do mercado de petróleo menos de uma semana antes de uma reunião para definir política.