ANP considera investidores externos ao RenovaBio e revisa metas das distribuidoras

(Imagem: REUTERS/Sergio Moraes)

Apesar de ter publicado em março o que acreditava serem as metas individuais definitivas das distribuidoras para 2021 no âmbito do programa RenovaBio, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) precisou rever seus números. Em uma nova resolução, divulgada hoje, 21, no Diário Oficial da União, a ANP diminuiu a meta total em 174 créditos de descarbonização (CBios).

Segundo o documento, a medida foi motivada pela Resolução ANP nº 843, de 21 de maio de 2021. O texto estabelece que os CBios retirados do mercado por investidores sem metas a cumprir no RenovaBio serão descontados das obrigações atribuídas às comercializadoras de combustíveis fósseis. O processo que impede novas comercializações de um crédito e o contabiliza para o cumprimento das metas é chamado de aposentadoria.

Ainda assim, o volume de CBios que deve ser entregue até 31 de dezembro segue superior ao objetivo estabelecido pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) para o ano, de 24,86 milhões de unidades. Isso acontece porque a nova medida descontou apenas 174 títulos; ao mesmo tempo, o número de CBios pendentes, relativos às metas de 2019 e 2020, é de 326,9 mil CBios. No total, as distribuidoras que atuaram com a venda de combustíveis fósseis no ano passado devem aposentar 25,22 milhões de créditos.

renovabio metas 210721 block

Como o cálculo das metas individuais é realizado pela participação de mercado de cada distribuidora, as principais beneficiadas pela redução da meta foram justamente as companhias com os maiores objetivos a cumprir. No caso da BR Distribuidora, a redução foi de 46 CBios; para a Ipiranga, de 34; e, para a Raízen, de 31. Ainda assim, em todos os casos, a variação foi menor que 0,001%.

Juntas, estas três companhias precisarão aposentar 15,65 milhões de CBios até 31 de dezembro. O valor é equivalente a 63% da meta anual do RenovaBio.

Cada CBio corresponde a uma tonelada equivalente de dióxido de carbono (CO2) que teve sua emissão minimizada na comparação entre o processo produtivo e de distribuição de um combustível fóssil e um renovável.

Renata Bossle – NovaCana

Petróleo fecha em alta com foco em restrição de oferta, apesar de dólar forte

O petróleo fechou em alta nesta terça-feira, 26, com o foco dos investidores voltado para a crise energética que tem elevado o preço do barril recentemente. A demanda pela commodity aumentou com a reabertura econômica e também devido à escassez de gás natural no mercado. No entanto, a oferta não tem sido capaz de compensar a maior procura.

Caminhoneiros protestam em rodovia no Pará contra reajustes do diesel

Caminhoneiros bloquearam parcialmente a rodovia BR-316, na região metropolitana de Belém, na manhã desta terça-feira (26). Dentre as reivindicações dos manifestantes, está a política de preços do óleo diesel no país.

Gestores de dinheiro estão jogando seu peso por trás da alta do preço do petróleo

A perspectiva de o petróleo Brent chegar a US $ 90 por barril está se tornando cada vez mais realista, e o West Texas Intermediate ontem atingiu o nível mais alto desde 2014. Isso está alimentando um forte sentimento de alta no mercado de petróleo.