Imagem: Divulgação

A ANP realizou hoje (13/10) o Workshop de Avaliação da Resolução ANP nº 795/2019, que dispõe sobre a obrigatoriedade de apresentação de dados de preços relativos à comercialização de derivados de petróleo e biocombustíveis por produtores, importadores e distribuidores.

O diretor da ANP José Cesário Cecchi lembrou, na abertura do workshop, que o tema começou a ser discutido em 2018, no âmbito da Tomada Pública de Contribuições (TPC) nº 01/2018. “Uma das recomendações da TPC dizia que a ANP deveria implementar estudos sobre aumento da transparência na formação dos preços. Como resultado, e após amplo debate com a sociedade, houve a publicação da Resolução ANP nº 795/2019. Os objetivos foram aumentar a transparência no processo de formação de preços, reduzir a assimetria nos contratos entre produtores e distribuidores de combustíveis e aumentar as informações disponíveis à ANP sobre preços”, afirmou.

Durante o workshop, foram apresentados os resultados da pesquisa de percepção sobre a Resolução ANP nº 795/2019, que foi encaminhada aos agentes em meados de setembro deste ano, além de colher informações adicionais e esclarecer dúvidas acerca das respostas enviadas. Durante a pesquisa, foram recebidas cerca de 400 contribuições e perguntas de mais de 50 agentes econômicos.

A Resolução ANP nº 795/2019 tem como objetivo reduzir a assimetria de informações e proteger os interesses do consumidor quanto a preço, qualidade e oferta dos produtos, promovendo a livre concorrência, tanto no curto quanto no longo prazo. As contribuições recebidas servirão como subsídio para a Avaliação de Resultado Regulatório (ARR) que será realizada pela ANP.

Fonte: ANP

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Sindicatos de petroleiros declaram apoio a movimento dos caminhoneiros

A Federação Única dos Petroleiros (FUP), que reúne sindicatos da categoria em todo o país, decidiu apoiar o movimento dos caminhoneiros de protesto contra a alta dos combustíveis.

Petróleo fecha perto da estabilidade e mantém nível alto impulsionado por demanda

Os contratos futuros de petróleo fecharam perto da estabilidade nesta segunda-feira, 14, mantendo o avanço das últimas três semanas, em grande parte embasados na perspectiva de retomada da demanda global.

AIE: demanda por petróleo está se recuperando, apesar de reveses em vacinação

Um ano após o início da pandemia de covid-19, o mercado global de petróleo está na trajetória de recuperação, apesar de reveses nos esforços de vacinação contra a doença, segundo a Agência Internacional de Energia (AIE).

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Na Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros do Petróleo em Março foram negociados na entrega a US$ 60,13 por barril no momento da escrita, subindo 1,11%.