O “diesel verde” abrangido na resolução pode ser produzido a partir do hidrotratamento de óleos vegetais (Imagem: REUTERS/Carlos Jasso)

A reguladora ANP publicou nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União, resolução que define especificações para o chamado “diesel verde”, em momento em que o país busca diversificar sua matriz de combustíveis.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o “diesel verde” abrangido na resolução pode ser produzido a partir do hidrotratamento de óleos vegetais, bem como gordura animal e ácidos graxos de biomassa, entre outros.

As definições da reguladora vêm em momento em que a Petrobras tem conversado com autoridades brasileiras sobre a intenção de lançar um combustível feito a partir do coprocessamento de diesel fóssil com óleos vegetais ou gorduras animais.

Procuradas, a ANP e a Petrobras (PETR4) não comentaram imediatamente se a resolução é um passo para o lançamento do produto da empresa estatal.

→ Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

No ano passado, a Petrobras disse ter concluído com sucesso testes em escala industrial em uma de suas refinarias para a produção do “diesel renovável”, que utilizaria óleo de soja como matéria-prima.

Na ocasião, a Petrobras disse que aguardava regulamentação para comercialização do produto.

Segundo a companhia, o diesel verde reduz em cerca de 70% as emissões frente ao combustível fóssil comum.

A petroleira tem defendido que o produto poderia ser utilizado para atender, junto com o biodiesel tradicional, a obrigação de mistura de biocombustível ao diesel vendido nos postos.

As discussões sobre o combustível, no entanto, têm gerado alguma controvérsia, com representantes do setor de biodiesel defendendo o produto da Petrobras não seria renovável.

A medida da ANP estabelece por quais processos o combustível pode ser fabricado, bem como obrigações quanto ao controle de qualidade a serem atendidas para comercialização do produto no Brasil.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Investing.com – Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados…

A solução da Petrobras para conter as altas da gasolina e do diesel vai funcionar?

Os analistas estão cautelosos com a ideia de se criar um fundo para subsidiar os combustíveis, cujos recursos sairiam do leilão dos campos de Sépia e Atapu, na Bacia de Santos. O governo acredita que pode arrecadar R$ 30 bilhões (cerca de US$ 5,5 bilhões) com o leilão. Os vencedores também deverão pagar mais US$ 6,5 bilhões à Petrobras (PETR3; PETR4), a título de reembolso.

Estudo avalia impacto do aumento do ICMS em São Paulo

Um estudo realizado pelo Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas (FGV…

Após nova alta do diesel, caminhoneiros voltam a falar em greve

Após receber a notícia da alta de 5% no diesel anunciada pela Petrobras nesta segunda-feira (1º), grupos de caminhoneiros que vêm fazendo ameaças de paralisação sem sucesso nos últimos meses voltaram a tentar articular uma nova greve.