Com a queda de 1,37% nos preços na semana passada, o etanol hidratado retomou a competitividade em comparação com a gasolina nos postos de São Paulo. Com isso, os preços médios do biocombustível voltaram a ser vantajosos ante os da gasolina em quatro Estados brasileiros – além de São Paulo, em Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

O levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido em média por 59,72% do preço da gasolina, em Goiás a 69,15%, em Minas Gerais a 69,13%, e em São Paulo por 69,89%.

Na média dos postos pesquisados no país, a paridade é de 69,23% entre os preços médios do etanol e da gasolina, também favorável ao biocombustível.

A gasolina foi mais vantajosa no Amapá, com a paridade de 94,49% para o preço do etanol.

UOL Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Quatro Novos Riscos Podem Influenciar Dinâmica do Petróleo no Futuro Próximo

Agora que os preços do petróleo se recuperaram totalmente da ameaça de…

Preços da gasolina e do diesel nas bombas terminam a semana estáveis, diz ANP

Valor médio por litro dos dois combustíveis caiu 0,02%, segundo o levantamento da agência. Já o preço do etanol teve sua 5ª queda seguida.

Opep e China surpreendem e anunciam acordo

As bolsas da Ásia e a maioria dos mercados europeus operam em alta, impulsionados por fatores locais e um acordo entre a China e a Opep.

Leilão 70 comprou 1,04 bilhão de litros de biodiesel

Depois de muitas peripécias, a etapa regulamentar do 70º Leilão de Biodiesel…