- Advertisement -spot_img

AUTHOR NAME

Folha de São Paulo

79 POSTS
0 COMENTÁRIOS

Mercado espera novos reajustes de preço de combustíveis apesar de congelamento do ICMS

Apesar da decisão dos governadores de prorrogar o congelamento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre os combustíveis, os preços permanecem pressionados pela escalada das cotações internacionais do petróleo e, diante das elevadas defasagens em relação exterior, o mercado espera novos reajustes no país.

PEC dos combustíveis pode não ser solução para baixar preços, diz secretário do Tesouro

O secretário do Tesouro Nacional, Paulo Valle, disse nesta quarta-feira, 26, que a proposta de emenda à Constituição (PEC) para permitir redução de tributos sobre combustíveis “não necessariamente” será a solução adotada pelo governo.

Investigação do Cade sobre preços de combustíveis é “insólita”, diz Petrobras

A Petrobras diz considerar “insólita” a investigação aberta pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre os preços dos combustíveis no país. Para a estatal, o órgão de defesa da concorrência tenta, com o inquérito, regular os valores cobrados pelas refinarias.

Cenário dos preços dos combustíveis

Num cenário onde a Ômicron seja controlada e não surjam novas variantes, a estimativa é de que a demanda global de petróleo suba para 99,8 milhões de barris por dia (b/d), em 2022, 280 mil b/d acima de 2019. Com isso, a previsão é que o preço médio do Brent possa alcançar patamares de US$ 90 a US$ 100/barril em 2022.

Gasolina pode ficar R$ 0,027 mais cara em SP após estados descongelarem ICMS

O impacto do descongelamento do ICMS sobre combustíveis, anunciado pelos governadores nesta sexta-feira (14), deve chegar ao consumidor já no próximo mês, e o litro da gasolina na bomba pode ficar R$ 0,027 mais caro em São Paulo, segundo o Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo).

Aumento dos combustíveis mostra que culpa não é dos governadores, diz Wellington Dias

Coordenador do Fórum de Governadores, Wellington Dias (PT-PI) diz que o novo aumento dos combustíveis deixou claro que a responsabilidade pela alta de preços é da Petrobras.

Preços bons melhoram situação financeira das usinas

A saúde financeira das usinas melhorou na safra 2020/21, e o cenário para o período 2021/22 também é positivo, embora ainda haja algum desequilíbrio no setor.

Países discutem fim de uso do petróleo, mas ainda dependem dele

Com a crise climática, o fim do uso do petróleo está no centro das discussões como nunca antes, mas pôr fim à dependência mundial...

Preço da gasolina nos postos cai pela segunda semana

O preço da gasolina nos postos brasileiros caiu pela segunda semana seguida, segundo pesquisa feita pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). O movimento acompanha tanto a queda na cotação do etanol hidratado quanto o corte promovido pela Petrobras em suas refinarias.

Gasolina tem primeira queda em 19 meses e diesel fica estável, apontam pesquisas

O preço médio da gasolina teve a primeira queda em um ano e sete meses nos postos do Brasil nos primeiros quinze dias de dezembro, enquanto o valor médio do diesel ficou quase estável no período, após avanços consecutivos desde abril, apontaram pesquisas separadamente nesta quarta-feira (15).

Latest news

- Advertisement -spot_img