Foto: Isac Nóbrega/Palácio do Planalto

O presidente Jair Bolsonaro convocou uma reunião de ministros nesta terça-feira para discutir a taxação de combustíveis, disseram fontes ao Valor. Um dos assuntos na mesa é a prorrogação da isenção de impostos federais sobre o diesel, um tema caro aos caminhoneiros, que são parte do núcleo duro da base bolsonarista.

O encontro não consta na agenda oficial de Bolsonaro. Participam da reunião os ministros Paulo Guedes (Economia), Braga Netto (Casa Civil), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Tereza Cristina (Agricultura), André Mendonça (Justiça), além do secretário de Assuntos Estratégicos, almirante Flávio Rocha.

O presidente está sob pressão dos caminhoneiros por conta dos seguidos aumentos no preço dos combustíveis promovidos pela Petrobras com base em critérios de mercado. Ele promoveu a troca do presidente da estatal e já indicou o general Silva e Luna, atual presidente da Itaipu, para o lugar de Roberto Castello Branco no comando da petrolífera.

Em fevereiro, Bolsonaro anunciou a isenção de impostos federais sobre o gás de cozinha e o diesel. No caso do diesel, porém, a isenção vale por apenas dois meses. À época, o presidente disse ter ordenado à sua equipe que encontre uma solução para que a isenção do diesel seja permanente, assim como foi no caso do gás.

Autor/Veículo: Valor Econômico

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Goldman vê pico de demanda por petróleo em transporte em 2026

O Goldman Sachs entra para a lista de empresas que agora veem o pico da demanda por petróleo mais perto.

Sonegadores contumazes de combustíveis geram dívida de R$ 70 bilhões aos Estados

A dívida ativa total de empresas do setor de combustíveis que sonegam tributos estaduais de forma “contumaz”, operando de forma predatória, está estimada em 70 bilhões de reais, mostrou nesta quarta-feira levantamento do Instituto Combustível Legal (ICL), com base em dados das Secretarias de Fazendas dos principais Estados brasileiros.

Combustível pelo delivery pode sair mais barato que nos postos; entenda

Aplicativo de abastecimento GOfit foi apresentado durante evento de vela oceânica, em Ilhabela

Por que o etanol aumenta quando a gasolina sobe?

A Petrobras aumentou o preço que os distribuidores terão que pagar à refinaria para comprar gasolina e diesel, o quarto reajuste do ano. Essa revisão atinge o consumidor, já que o preço médio da gasolina aumenta na hora. Só que o etanol sobe junto, ainda que não esteja na alçada da estatal.