Câmara deve votar MP da venda direta de etanol ainda nesta 3ª, com chance de aprovação

A BR Disrtribuidora, hoje Vibra, era uma das contrárias à venda direta de etanol aos postos pelas usinas

A Câmara dos Deputados deverá votar ainda nesta terça (23) a medida provisória que autoriza os produtores e importadores de etanol hidratado a comercializarem diretamente com os postos.

Pelo menos, em atenção à Feplana, entidade nacional dos plantadores de cana, o relator da MP 1036/2021, deputado Augusto Coutinho (Solidariedade PE), garantiu que o seu relatório está na pauta do plenário.

“Por ser um parlamentar conhecedor do tema nas suas mais amplas questões, inclusive tributária, Augusto Coutinho nos tranquilizou dizendo que o relatório vai na melhor direção”, diz Alexandre Andrade Lima, presidente da Feplana, que inclusive está em Brasília.

A MP do Executivo, editada há cerca de dois meses, atendeu um pleito antigo da categoria, que era não deixar mais ser obrigatória que a venda do biocombustível seja feita exclusivamente pelas distribuidoras.

Após muita resistência dos grupos do Centro-Sul, em especial, em estreita colaboração de usinas verticalizadas com distribuidoras, a medida foi aceita por se acreditar no barateamento do carburante, sem a margem do elo intermediário e sem perdas tributárias para União e estados, como defende Lima.

Produção de etanol anidro cresce 22,3% no Nordeste, diz NovaBio

Com a safra 2021/22 em andamento, dados compilados pela Associação dos Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia (NovaBio) sinalizam que a moagem de cana no Norte-Nordeste atingiu 28,67 milhões de toneladas no acumulado até 15 de novembro.

Valor do petróleo cai 2% e Petrobras ganha espaço para cortar preços no Brasil

O preço do barril de petróleo tipo brent atingiu os US$ 67,44 nesta quinta-feira, 2, o que representa uma queda de 2,08% em relação aos valores praticados na data anterior.

Abastecer com GNV rende quase o dobro que gasolina e etanol, aponta Abegás

Um levantamento da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) mostra que, atualmente, o Gás Natural Veicular (GNV) tem rendido quase o dobro da gasolina e do etanol.