Imagem: Divulgação

Wallace Landim, o Chorão, do protesto dos caminhoneiros de 2018, mandou uma carta ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, reclamando do projeto da BR do Mar enviado pelo governo ao Congresso em agosto.

Na carta, assinada em nome da Abrava (associação dos motoristas autônomos), Chorão afirma que a proposta pode reduzir em até 40% o volume de viagens de longa distância feitas pela categoria. Ele também reclama que o grupo não teria sido chamado para debater o tema.

O ministério afirma que o BR do Mar vem sendo amplamente discutido desde o ano passado e segue aberto para contribuições. Segundo a pasta, o modal rodoviário continua sendo indispensável para o transporte dos portos até as indústrias.

Fonte: Folha de São Paulo

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços do petróleo registram forte alta após ataques na Arábia Saudita

Preços chegaram a subir quase 20%, segundo sites internacionais. Produção do país foi cortada pela metade neste sábado (14).

Ultra e Raízen devem entrar na briga por compra de refinarias da Petrobrás

30/10/2019 – A Petrobrás prevê concluir em março de 2020 a venda…

Importação de óleo para biodiesel divide indústria.

A autorização do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) para o uso…