O Centro-Sul do Brasil deve produzir um volume recorde de etanol na safra 2019/20: 33,1 bilhões de litros, 7,1% a mais do que no mesmo período de 2018/19, informou a União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica). A estimativa da entidade é que 9,72 bilhões de litros sejam de etanol anidro e 23,42 bilhões de litros de hidratado.

Já o etanol de milho deve avançar 89,53% em 2019/20 ante 2018/19 no Centro-Sul, para 1,50 bilhão de litros.

As estimativas da Unica são de que as vendas do biocombustível no mercado doméstico na safra fiquem em 33,5 bilhões de litros – do total, 10,3 bilhões seriam de etanol anidro e 23,2 bilhões de litros de hidratado.

A oferta total do biocombustível no mercado doméstico fica 2,7 bilhões de litros maior do que em 2018/19.

Com esses números, a participação volumétrica do etanol no consumo de combustíveis líquidos leves ficaria em 61,5% na safra; se levada em conta a conversão do volume de etanol hidratado em gasolina equivalente, a participação do biocombustível chega a quase 50%.

Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Ultrapar considera eventual sócio estratégico para refinarias da Petrobras

A Ultrapar tem interesse em atrair um sócio estratégico para apresentar propostas…

Governo avalia elevar Cide para gasolina e reduzir tributos do etanol, diz ministra

O governo brasileiro estuda aumentar a Cide para gasolina e retirar os tributos Pis/Cofins para o etanol por um período.