Foto: Reprodução

Março foi um mês e tanto para o setor de biodiesel. Novos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostram que a chegada do B13 ao mercado brasileiro deu um novo gás às usinas que conseguiram fabricar praticamente 640 mil m³ de biocombustível renovando a máxima histórica que havia sido batida em agosto passado quando a produção havia passado dos 623,1 milhares de m³.

Em toda a história do setor, a marca dos 600 mil m³ mensais só foi superada outras duas vezes. É possível que o número não volte a se repetir tão cedo. Isso porque no último dia 09 de abril, o governo federal determinou a redução da adição de biodiesel no óleo diesel de 13% para 10%. O B13 só deverá retornar em julho.

O aumento em relação ao mesmo período do ano passado foi de 16,3%. Esse valor é mais que o dobro dos 8,3% que seriam de esperar se considerássemos somente o efeito do aumento da mistura de 12% para 13%. Vale ressaltar que, embora a pandemia do novo coronavírus no Brasil tenha chegado ao Brasil em março, os efeitos no mercado de combustíveis só se tornaram realmente perceptíveis a partir do mês de abril.

Fonte: BiodieselBR

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

AIE eleva previsão para oferta de petróleo fora da Opep+

A oferta global e a demanda por petróleo vão continuar em processo de reequilíbrio neste ano, após os transtornos causados pela pandemia de covid-19 em 2020, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira, 11, pela Agência Internacional de Energia (AIE).

Associação de petroleiras e distribuidoras defende liberdade de preços de combustíveis

O Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) saiu em defesa da “livre formação e negociação de preços” no mercado de combustível nesta quinta (18).

Travada na Economia, venda direta de etanol anda na Câmara com relator na CCJ

A venda direta de etanol dos fabricantes para os postos, sem a exigência atual de os negócios com biocombustível ser intermediados pelas distribuidoras, tem tudo para caminhar mais celeremente na Câmara dos Deputados.

Produção de petróleo do Brasil avança 13,6% em abril na comparação anual, diz ANP

A produção de petróleo no Brasil em abril somou 2,958 milhões de barris por dia, com alta de 13,6% ante mesmo mês do ano anterior.