China se prepara para liberar petróleo da reserva estratégica

  • Reuters: China se prepara para liberar petróleo bruto de sua reserva estratégica
  • O presidente Biden pediu à China e a outros grandes consumidores que liberem reservas para conter os altos preços do petróleo
  • No início deste mês, Pequim também ordenou o lançamento de gasolina e diesel

A China está se preparando para liberar petróleo bruto de sua reserva estratégica, informou a Reuters , citando a Administração Nacional de Alimentos e Reservas Estratégicas do país.

A notícia vem na esteira de relatos de que o presidente Biden pediu à China e a outros grandes consumidores que fizessem exatamente isso na tentativa de conter a alta dos preços do petróleo.

No entanto, a Reuters observa que a Administração Nacional de Alimentos e Reservas Estratégicas da China se recusou a comentar esses relatórios, sugerindo que a medida pode ter sido planejada antes da reunião virtual do presidente Xi Jinping com Joe Biden, que foi quando Biden levantou a questão pela primeira vez.

“Estamos realizando o trabalho de liberação de reservas de petróleo bruto. E para quaisquer detalhes relacionados à liberação, colocaremos um comunicado em nosso site”, disse um porta-voz da NFSRA à Reuters.

“Vamos divulgar mais detalhes sobre o volume do petróleo e a data de sua venda em nosso site na hora certa, assim como fizemos no primeiro leilão público”, disse a porta – voz à Bloomberg.

No início desta semana, a Reuters relatou, citando fontes não identificadas, que além da China, o governo Biden também abordou Japão, Índia e Coréia do Sul com a sugestão de que liberassem petróleo bruto de suas reservas estratégicas.

O leilão de petróleo anunciado pela Administração Nacional de Reservas Estratégicas e Alimentares seria o segundo: em setembro, as autoridades leiloaram 7,4 milhões de barris de petróleo para venda. A notícia pesou sobre os preços do petróleo, mas apenas por um curto período, antes de os preços se recuperarem novamente.

Então, no início deste mês, Pequim também ordenou o lançamento de gasolina e diesel, já que os preços dos combustíveis em algumas partes da China estavam subindo muito rápido.

“A China tem seu próprio plano para as liberações de reservas estratégicas de petróleo (SPR). (Esperamos) que o segundo volume de liberação seja semelhante ao primeiro”, disse o analista da SIA Energy Sengyick Tee à Reuters.

Produção de etanol anidro cresce 22,3% no Nordeste, diz NovaBio

Com a safra 2021/22 em andamento, dados compilados pela Associação dos Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia (NovaBio) sinalizam que a moagem de cana no Norte-Nordeste atingiu 28,67 milhões de toneladas no acumulado até 15 de novembro.

Valor do petróleo cai 2% e Petrobras ganha espaço para cortar preços no Brasil

O preço do barril de petróleo tipo brent atingiu os US$ 67,44 nesta quinta-feira, 2, o que representa uma queda de 2,08% em relação aos valores praticados na data anterior.

Abastecer com GNV rende quase o dobro que gasolina e etanol, aponta Abegás

Um levantamento da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) mostra que, atualmente, o Gás Natural Veicular (GNV) tem rendido quase o dobro da gasolina e do etanol.