O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) publicou uma resolução estabelecendo as diretrizes para o monitoramento do abastecimento nacional de combustíveis, etapa preparatória para a desconcentração do segmento de refino de petróleo, hoje dominado pela Petrobras.

A Petrobras pretende vender oito ativos de refino e logística que respondem por 1,1 milhão de barris de capacidade diária de processamento de petróleo, cerca de 50% do total. Com isso, o governo – dono da empresa – perderá a visão integrada do abastecimento.

A resolução reconhece como de interesse da Política Energética Nacional o desenvolvimento de ferramentas, pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que possibilitem o monitoramento do abastecimento nacional de combustíveis, a fim de proteger o interesse dos consumidores brasileiros quanto a preço, qualidade e oferta dos produtos.

A medida, que havia sido aprovada pelo CNPE em dezembro, possibilitará à ANP obter informações sobre estoques e movimentações de produtos, no menor tempo possível, a fim de dar suporte à tomada de decisão do órgão regulador, bem como à coordenação das ações em situações de crise, como restrições ou interrupções nos fluxos de combustíveis.

Fonte: Agência Safras – retirado do Portal Canal Rural

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Petrobras eleva diesel em 8% na refinaria partir de sexta; gasolina sobe 5%

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras anunciou reajuste médio de 8% para…

Preços da gasolina e do diesel recuam nos postos nesta semana, diz ANP

O valor médio do litro da gasolina para o consumidor caiu 0,61%, para R$ 4,550. Já o preço do litro do diesel teve queda de 1,4% no período, para R$ 3,711, em média.

Ministro do Iraque vê barril de petróleo a US$ 60 no 2° trimestre de 2021

O Ministro de Petróleo do Iraque, Ihsan Abdul Jabbar, espera que os preços do petróleo atinjam nível próximo de 60 dólares por barril no segundo trimestre de 2021, disse ele em entrevista ao canal de TV iraquiano Sharqiya nesta sexta-feira.