Foto: AFP / Yuri CORTEZ)

O consumo de diesel e de gás de cozinha continuou em alta em abril, enquanto gasolina, etanol, GLP industrial e QAV apresentaram forte queda, acompanhando as medidas restritivas por conta da pandemia do coronavírus, revelou o 55º Boletim de Monitoramento do Covid-19 do Ministério de Minas e Energia (MME).

Entre 1º e 27 de abril, o diesel teve alta de vendas da ordem de 3,7% e o gás de cozinha (GLP 13 Kg) de 0,1% na comparação com igual período do ano passado.

A queda mais forte continua sendo registrada pelo querosene de aviação (QAV), devido à limitação das viagens. O combustível fechou abril com um consumo 59,2% menor, segundo o boletim, que usa dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O consumo de gasolina teve recuo de 17%, e o etanol de 16,1%. O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para uso industrial registrou consumo 8% menor do que há um ano em abril.

O boletim informa ainda, que o fator de utilização das refinarias da Petrobras subiu na última semana, para o patamar de 65,22%, depois de ter caído a 60% na semana passada.

A queda do processamento nas refinarias, segundo especialistas, pode levar a maiores importações no mês de maio, principalmente de diesel.

Fonte: Agência Estado

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

BR Distribuidora conclui compra da empresa de energia elétrica Targus

A BR Distribuidora concluiu a compra da empresa de energia elétrica Targus, anunciada em novembro.

Estoques de petróleo caíram 5,889 milhões de barris na semana passada: EIA

Os estoques de petróleo dos EUA caíram mais do que o esperado na última semana, disse a Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) na quarta-feira (14).

Preços do Petróleo, Dilema da Demanda e o Ritmo da Recuperação Econômica

O preço do barril de Brent não para de subir desde a cotação de US$ 39,68 em 4 de novembro. O otimismo do mercado é tão grande que a expectativa é que os preços atinjam máximas que não eram vistas há anos.

Governo encaminha ao Congresso projeto que altera a cobrança de ICMS sobre combustíveis

O presidente Jair Bolsonaro encaminhou nesta sexta-feira ao Congresso uma proposta que altera a cobrança do ICMS sobre combustíveis.