As tensões geopolíticas envolvendo os Estados Unidos, Irã e Venezuela trouxeram incertezas ao mercado o que impulsionaram os valores da commodity.

Na ultima quarta feira 09/05 foram divulgados dados sobre os estoques de petróleo bruto dos Estados Unidos, onde foi constatado uma queda de 2,197 Milhões de barris nos estoques americanos, o que trouxe fortalecimento para o ouro negro frente a uma crescente demanda por petróleo no mercado mundial, reduzindo-se a oferta de petróleo.

No entanto, hoje foi divulgado a contagem de sondas de extração de petróleo dos EUA pela Baker Hughes, onde foi constatado um crescimento na atividade de produção de petróleo com a implantação de 10 sondas nesta semana, totalizando 834 unidades em operação no mercado americano.

Portanto, a próxima semana dependendo das questões geopolíticas dos grandes países produtores pode ser caracterizada por uma crescente de barris no estoque de petróleo dos Estados Unidos, o que pode fortalecer uma tendência de queda nos preços do barril do petróleo no mercado econômico.

 

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Petróleo encerra a semana anterior em queda.

Na semana de 10/07 a 15/07, o petróleo registrou uma queda expressiva principalmente após ser divulgada uma redução não esperada nos estoques americanos de petróleo.

Preço do Petróleo encerra em posições opostas.

Na semana de 22/07 a 27/07 os preços do petróleo encerraram em posições opostas, influenciado pelos conflitos entre Irã x EUA e quedas expressivas no estoque de petróleo bruto americano.

Petróleo encerra a semana anterior em alta.

Os preços do petróleo fecharam em forte alta nesta semana depois que a Opep e outros produtores concordaram em aumentar modestamente a oferta para compensar perdas na produção em um momento de crescimento da demanda global.