Criminosos furtam combustíveis de dutos da Petrobras em São José

Criminosos furtaram combustível dos dutos da Petrobras na madrugada desta segunda-feira (19) em São José dos Campos. Na ação, os dutos foram danificados e houve vazamento. Os bombeiros foram acionados e a região teve de ser interditada.

O furto aconteceu nos dutos que ficam na Estrada do Capuava na madrugada. Segundo a Polícia Militar, eles souberam da ação criminosa no início da manhã quando moradores relataram terem sentido um forte cheiro de combustível e terem visto suspeitos mexendo na tubulação.

No local a equipe encontrou um duto furado com uma mangueira acoplada. Por causa da perfuração, o combustível também estava vazando. Por causa do risco de explosão, os bombeiros e equipes da Transpetro – área que faz o transporte de combustíveis para a Petrobras – foram acionadas.

Foi necessário tirar o excesso de combustível dos dutos para fazer os reparos na tubulação. Parte do líquido atingiu a estrada, que foi parcialmente interditada para a limpeza. Até às 10h30 o trecho ainda passava por reparos.

O caso está sendo registrado na Polícia Civil. Ninguém foi preso.

Autor/Veículo: G1

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Ultrapar lidera negociações com Petrobras pela Refap

O Grupo Ultrapar (UGPA3) apresentou à Petrobras (PETR4) a maior oferta pela Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), localizada no Rio Grande do Sul, e está à frente nas conversas para aquisição do ativo, segundo três pessoas próximas ao assunto.

Economia, RenovaBio e ambiente pagarão a conta da “culpa” da soja pela alta do diesel, depois do MME cortar o biodiesel

Em plena safra finalizada, com um recorde de mais de 135 milhões de toneladas, o governo culpa a soja pelo aumento do diesel e derrubou de 13% para 10% a mistura do biodiesel. A partir do meio de ano, com as exportações esgotando os estoques e a entressafra no pico, como deverá ser?

Petróleo e pandemia, andando juntos, levam incertezas a produtor só de etanol

O recuo do petróleo nesta sexta (15), depois de alta forte da véspera, não deixa o cenário dos combustíveis confortável no Brasil e projeta mais instabilidade na frente.