O preço do diesel é uma das principais reivindicações do caminhoneiros Imagem: Reinaldo Canato

O litro do diesel avançou 0,96% nas primeiras semanas de julho e foi comercializado nos postos a R$ 4,775. O diesel S-10, na mesma comparação, apresentou alta de 1% e foi encontrado a R$ 4,831. Em ambos os casos, trata-se dos maiores valores médios por litro do ano.

Estes resultados são da edição mais recente do Índice de Preços Ticket Log, que é medido com base nos abastecimentos realizados em 21 mil postos credenciados em todo o país. Na Região Norte, o diesel comum foi encontrado a R$ 4,985, o preço médio mais alto do País. O cenário é o mesmo quando considerado o tipo S-10, comercializado a R$ 5,037.

O maior aumento de preços do tipo comum, no entanto, foi registrado no Nordeste, de 1,10% em relação ao fechamento de junho, enquanto no Sudeste foi registrada a alta mais significativa do diesel S-10, de 1,27%. Na Região Sul, ambos os tipos do combustível foram encontrados pelos valores médios mais baixos, de R$ 4,413 o litro do diesel comum, e R$ 4,453 do S-10.

No recorte entre estados, o diesel comum com preço médio mais alto foi registrado no Acre, a R$ 5,682. No Paraná, os postos comercializaram o combustível mais barato, a R$ 4,348. Os maiores aumentos no preço médio de ambos os tipos do combustível foram registrados no Espírito Santo, onde o diesel comum avançou 1,96% e foi encontrado a R$ 4,630. O tipo S-10 no estado foi comercializado a R$ 4,734, após alta de 1,94% na comparação com o fechamento de junho.

Autor/Veículo: Motor Show

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

A maior refinaria da Índia planeja aumentar sua capacidade nesta década

A Indian Oil Corporation (IOC), maior refinadora de petróleo do país, pretende aumentar sua capacidade de refino de petróleo bruto em um terço na próxima meia década, pois acredita que a demanda por gasolina e diesel continuará a aumentar na Índia, disse Shrikant, presidente do IOC Madhav Vaidya disse a Bloomberg .

Demanda fraca deve levar a superávit de petróleo, alerta trading de commodities

A trading de commodities Trafigura acredita que o mercado de petróleo está prestes a registrar novamente superávit diante da estagnação da recuperação da demanda.

ANP corrige dado comparativo sobre produção de gás natural em maio

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) corrigiu nesta quinta-feira, 1º de julho, uma informação divulgada mais cedo na qual afirmava que a produção de gás natural no Brasil em maio de 2021 havia subido 17,7% em relação a abril de 2021.

Consumo de combustíveis leves cai 12,7% no primeiro semestre de 2020

Dados preliminares publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis…