Gasolina mais cara eleva demanda por etanol à espera da fase vermelha em São Paulo (Imagem: REUTERS/Diego Vara)

Mesmo com o preço médio semanal do litro do etanol hidratado marcando mais 7,27% nas indústrias, as distribuidoras de combustíveis fecharam a sexta (5) cortando 0,60% na venda aos postos. Foi o segundo dia seguido de recuo, como antecipou Money Times, na quinta.

As cotações nas duas pontas ficaram alinhadas, respectivamente R$ 2,9071 e R$ 2,9705, pelas referências do Cepea.

Como a alta de preço na usina (igual à da semana anterior) não reflete necessariamente grande volume de negócios, o cenário indica que as empresas intermediárias da cadeia estão tentando escoar os estoques dos dias anteriores e possivelmente com represamento no repasse.

Cenário de vendas fracas, apesar da alta da gasolina nas refinarias na terça, de 5%.

Até quarta as distribuidoras baseadas em Paulínia (SP) acumulavam alta de 3,66%, sobre os 30,94% do mês de fevereiro.

Na semana, de acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), o hidratado teve acréscimo médio de 6,9% nas bombas (mais 22,5% no ano).

Com o petróleo faltando US$ 0,50 para chegar nos US$ 70 o barril, depois a disparada de 4,20% na sexta na praça de Londres, o possível repasse da Petrobras (PETR4) é aguardado para a gasolina, tirando um pouco da defasagem que já passou dos R$ 0,32 o litro.

Fonte: Money Times

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços do petróleo disparam com retomada nos EUA, Europa e China; IEA alerta para risco de novos surtos

Petróleo em forte alta nesta segunda (18), com valorização do WTI nos EUA de 8,70%, atingindo US$ 31,99 e o Brent negociado em Londres atingindo US$ 34,50, avanço de 6,15%.

Trump anuncia acordo entre russos e sauditas para subir preço do petróleo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou hoje que Rússia e Arábia Saudita chegaram a um acordo para aumentar o preço do petróleo.

Preço da gasolina permanece em queda nos postos, diz ANP

O preço da gasolina nos postos brasileiros caiu, em média, 2,7% esta semana, para R$ 3,823 por litro, segundo pesquisa da ANP

Produção da Petrobras em dezembro fica abaixo dos 2 milhões de barris diários

A Petrobras (PETR3;PETR4) perdeu o patamar dos 2 milhões de barris de petróleo em dezembro, registrando 1,980 milhão de barris diários, queda de 14,6% em relação à produção de janeiro de 2020.