Distribuidoras compraram R$ 7,32 bi em biodiesel no L81

BiodieselBR – Encerrado por volta das 17h15 desata sexta-feira (13), o 81º Leilão de Biodiesel (L81) tem tudo para deixar saudades no setor de biodiesel. Depois amargar dois bimestres com a mistura obrigatória reduzida de 13% para 10%, o governo federal aumentou a mistura para B12. Isso turbinou o mercado e foi decisivo para que o certame movimentasse inéditos R$ 7,32 bilhões.

Esse é o maior faturamento de um leilão de biodiesel em toda a história. O recorde anterior havia sido registrado no L78 quando as distribuidoras desembolsaram R$ 6,18 bilhões. Naquela ocasião, o mercado sentiu os efeitos da chegada do B13.
Apesar do bom resultado financeiro, o L81 ficou atrás do L78 em termos de volume. Mas por pouco. O certame mais recente arrematou um total de 1.293,6 mil m³ ficando 0,9% abaixo dos 1.305,7 mil m³ comprados para abastecer o mercado no segundo bimestre.

IBP critica mudanças regulatórias na venda de combustíveis

Representante das grandes distribuidoras de combustíveis, o Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) se posicionou a favor da manutenção do atual modelo de funcionamento do mercado de revenda de derivados de petróleo.

Estes são os postos de combustíveis populares e preferidos por brasileiros

Os postos de combustível Petrobras BR, Ipiranga e Shell são as marcas com maior índice de popularidade entre os brasileiros, é o que aponta um estudo realizado pela empresa de pesquisa de satisfação e NPS (Net Promoter Score) SoluCX: as marcas foram citadas por 73,2%, 72,8% e 69,1% dos respondentes da pesquisa, respectivamente.

Guerra política no Brasil e economia mundial devem manter preço da gasolina nas alturas

Economistas dizem que toda vez que o discurso golpista avança, desconfiança cresce e dólar sobe, elevando o preço dos combustíveis. Motoristas de aplicativo dizem que serviço já não compensa diante dos custos.