Instalações de petróleo da Aramco (divulgação)

Os estoques de petróleo nos Estados Unidos tiveram queda de 5,241 milhões de barris, a 474,029 milhões de barris, na semana encerrada em 4 de junho, informou nesta quarta-feira, 9, o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês). Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam recuo menor, de 2,3 milhões de barris.

Os estoques de gasolina aumentaram 7,046 milhões de barris, a 241,026 milhões de barris, ante expectativa de crescimento de 300 mil barris dos analistas.

Já os estoques de destilados tiveram alta de 4,412 milhões de barris na semana, a 137,214 milhões de barris, quando a previsão era de avanço de 1,3 milhão de barris.

A taxa de utilização das refinarias avançou de 88,7% na semana anterior a 91,3% na mais recente, ante previsão de 89,3% dos analistas. Os estoques de petróleo em Cushing tiveram aumento de 165 mil barris, para 45,704 milhões de barris, segundo o DoE.

A produção média diária de petróleo nos EUA subiu de 10,8 milhões na semana anterior a 11,0 milhões de barris na mais recente, de acordo com o relatório.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Fonte: Estadão Conteúdo

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Produção anual de petróleo da Rússia cai pela 1ª vez desde 2008

A produção de petróleo na Rússia caiu no ano passado pela primeira…

Perspectivas para o etanol pós pandemia

O uso de etanol registrou queda de 16,7% nos seis primeiros meses deste ano no país. De janeiro a junho de 2020 foram consumidos 8,96 bilhões de litros.

Preço do petróleo fecha 2020 com queda de mais de 20% devido à covid

É a pior queda desde 2015, apesar de em 2018 o preço do petróleo já ter caído 19,8%

Petrobras reduz gasolina em 12% nas refinarias a partir de quinta-feira

A Petrobras PETR4.SA reduzirá o preço médio da gasolina em suas refinarias…