Foto: Divulgação

O mês de agosto se iniciou com preços enfraquecidos no estado de São Paulo. Apesar da retomada das compras por parte de distribuidoras, a demanda, principalmente pelo hidratado, segue aquém da geralmente observada para este período em alguns importantes centros consumidores.

Assim, nem mesmo o posicionamento firme da maioria das usinas foi suficiente para frear o recuo das cotações do etanol hidratado – algumas unidades, ressalta-se, foram mais flexíveis, devido à necessidade de “fazer caixa”.

Já quanto ao anidro, os valores estiveram firmes pela sexta semana consecutiva. Entre 3 e 7 de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado combustível foi de R$ 1,6735/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), queda de 1,09% em relação ao da semana anterior. No caso do anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 1,9091/litro (sem PIS/Cofins), avanço de 0,29% no mesmo comparativo. 

Fonte: Cepea/Esalq – USP

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Venda de gasolina e combustível via aplicativo é ilegal, diz ANP

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) convocou a…

BR distribuidora avalia investimento em logística e venda de novos produtos com abertura do refino

A BR Distribuidora vai utilizar sua liderança de mercado para tirar vantagem…

Petrobras completa um mês sem reajustar diesel, maior período de estabilidade

A Petrobras completou no último sábado um mês sem reajustar os preços…