Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Distribuidoras estiveram mais ativas no mercado spot de etanol do estado de São Paulo ao longo da semana passada, realizando aquisições para atender a maior demanda pelo biocombustível na ponta varejista neste período de final de ano.

Pesquisadores do Cepea ressaltam que, mesmo com o reaquecimento da demanda, os valores dos etanóis caíram, contexto que esteve atrelado ao aumento nos volumes originados em outros estados sendo direcionados a bases paulistas. Assim, entre 14 e 18 de dezembro, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado (preço ao produtor) fechou a R$ 2,0380/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), 0,65% inferior ao anterior.

Para o etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 2,3917/litro (sem PIS/Cofins), recuo de 1,76%.

Fonte: Cepea/Esalq

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Pandemia, demora em emissão de CBios, impasse sobre metas: usinas avaliam 1º ano de RenovaBio

Em vigor a partir do ano da pandemia, Política Nacional de Biocombustíveis teve meta de descarbonização reduzida pela metade para 2020, com 15 milhões de toneladas. Empresários também citam necessidade de melhorar eficiência energética.

Consumidores reclamam do preço da gasolina, mesmo com redução da Petrobras

Consumidores afirmam que valores cobrados nos postos permanecem elevados mesmo quando a Petrobras anuncia redução. Segundo a estatal, preços baixaram 11,4% ao longo deste ano, nas refinarias

Postos de gasolina vão questionar escalada de preço do biodiesel no Cade

Combustível natural já é 12% do segmento e foi vendido pelo dobro do diesel de petróleo no último leilão

Sem Projeções da Opep+, Petróleo Continua Incerto; 6 Fatores Afetam o Mercado

Publicado originalmente em inglês em 19/11/2020 O Comitê Ministerial de Monitoramento Conjunto…