Etanol/Cepea: Indicadores se mantêm em alta há 8 semanas

Os preços dos etanóis anidro e hidratado estão em movimento de elevação há oito semanas seguidas no mercado paulista, segundo dados do Cepea. Entre 4 e 8 de novembro, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado (preço ao produtor) fechou a R$ 1,8745/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), alta de 0,94% em relação ao da semana anterior. No caso do etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 2,0833/litro (sem PIS/Cofins), aumento de 2,16% no mesmo período. Com a vantagem frente à gasolina C nas bombas paulistas, distribuidoras continuam adquirindo volumes expressivos. Do lado vendedor, a expectativa de precipitações no último final de semana ajudou na sustentação dos preços.

Fonte: Cepea – Esalq/USP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Petróleo despenca até 13% e WTI fica abaixo de US$ 70, com temor por nova cepa

Os contratos futuros do petróleo despencaram nesta sexta-feira, 26, com recuo de até 13%. Tanto em Nova York, quanto em Londres os ativos tiveram o pior desempenho desde o início de setembro, com o WTI tendo perdido a marca dos US$ 70.

Governo vende 55 milhões de barris de petróleo do pré-sal por R$ 25 bilhões

A PPSA (Pré-Sal Petróleo SA) vendeu nesta sexta-feira (26) 55 milhões de barris de petróleo do pré-sal que pertencem à União. Pelas cotações atuais, o leilão representa uma arrecadação de R$ 25 bilhões para o governo federal no prazo de cinco anos.

Opep+ monitora nova variante da Covid-19, com receios sobre perspectiva, dizem fontes

A Opep+ está monitorando os desenvolvimentos em torno da nova variante do coronavírus, disseram fontes nesta sexta-feira, com alguns expressando preocupação de que isso possa piorar as perspectivas do mercado de petróleo menos de uma semana antes de uma reunião para definir política.