Etanol deve fechar com preços em queda nas usinas esta semana, seguindo as distribuidoras (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

Com a semana toda o etanol hidratado em queda livre nas bases distribuidoras, não se deve esperar que o biocombustível feche com preços positivos nas usinas no balanço final de 15 a esta sexta (19).

As restrições mais rígidas de enfrentamento à pandemia são imediatamente sentidas no consumo.

Além do que a safra do Centro-Sul começa oficialmente em 1º de abril, o que limita os negócios já que as distribuidoras ficam no compasso de espera de maior oferta de etanol.

Vieram queimando seus estoques este dias.

De acordo com o Indicador Diário do Etanol, do Cepea, as empresas de Paulínia (SP) reduziram em 2,39% o litro na quinta, a R$ 2,733, seguindo recuos desde o dia 12. Dois deles também significativos.

Hoje deve se repetir, ampliando o acumulado negativo do mês que está em 5,25%.

Também pelo Cepea, os preços nas indústrias tiveram um leve decréscimo na semana anterior, em 0,04%, em R$ 2,9059, igualmente livres.

Em paralelo, o petróleo também apresentou recuos seguidos, aliviando riscos de aumento da gasolina.

Perdeu o suporte de quase US$ 70, depois da queda livre de ontem, quando evaporou mais de 7% em Londres, por conta dos temores da demorada saída europeia de crise sanitária e estoques americanos.

Fonte: Money Times

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Estoques de petróleo sobem inesperados 1,28 milhão de barris, segundo EIA

Os estoques de petróleo dos EUA aumentaram inesperadamente na última semana, disse a Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) na quarta-feira (24).

ANP alerta sobre riscos da greve na Petrobras; empresa não vê impacto

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo,…

Petrobras: quais são as consequências da debandada de conselheiros da companhia?

Com mais uma notícia negativa para a Petrobras (PETR3;PETR4) desde que a intervenção política entrou no radar, a petroleira informou na noite de ontem (2).

Preços do petróleo Brent se aproximam de US$ 57 com expectativas de oferta apertada

Arábia Saudita planeja reduzir sua oferta de petróleo em mais 1 milhão de barris por dia (bpd) em fevereiro e março.