A demanda por etanol hidratado seguiu baixa no estado de São Paulo nos últimos dias.

No entanto, as unidades produtoras se mantiveram firmes quanto aos valores pedidos, focadas no comércio de açúcar e de etanol anidro para suprir suas necessidades de recursos financeiros. Já a procura por etanol anidro esteve mais aquecida, segundo colaboradores do Cepea, com a relação entre os preços dos combustíveis estimulando o consumo de gasolina C, o que levou distribuidoras a aumentar o número de negócios no mercado spot para atender à demanda pelo produto.

Entre 12 e 16 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou a R$ 2,9618/litro, avanço de 1,31% frente ao período anterior. No caso do etanol anidro, a elevação foi de 1,42%, com o Indicador CEPEA/ESALQ a R$ 3,3848 por litro. A média dos valores diários do Indicador ESALQ/BM&FBovespa posto Paulínia (SP) foi de R$ 3022,10/m³, alta de 1,97% na comparação com a semana anterior.

Fonte: Canal Rural

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Acordo da Opep+ muda foco de investidores para demanda global

A Opep+ conseguiu resolver uma disputa interna e agora planeja aumentar a oferta em 400 mil barris por dia mensalmente a partir de agosto até que toda a produção retirada do mercado seja reativada. O acordo foi impulsionado pelos Emirados Árabes Unidos, que buscavam melhores termos de produção.

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Investing.com – Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados…

Comercialização de CBIOS para distribuidoras aumenta com publicação das metas

Postado em 17 de Setembro de 2020 Nos primeiros 15 dias de…

Preços do petróleo sobem por otimismo com estímulos antes da posse de Biden

Os preços do petróleo acompanharam os mercados acionários norte-americanos e avançaram nesta terça-feira, antes da posse de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos.