Reajustes significativos do etanol na usina em duas semanas é sentido na cadeia (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

O etanol hidratado encurtou a paridade de preços com a gasolina. Saltou de 71% para cerca de 76,7% na média da semana em São Paulo.

Significa que a competitividade diminuiu, indo de uma diferença nominal de R$ 1,52 para R$ 1,24, de acordo com dados que estão no site da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). Gastou-se mais para se abastecer com o álcool.

Confirmado por Martinho Ono, CEO da SCA Trading, que também monitora os preços, o reflexo de duas altas semanais nas usinas comeu também a vantagem do biocombustível nos principais estados produtores do Centro-Sul, como Minas Gerais, Goiás e Paraná. Não há dados do Mato Grosso do Sul.

Na semana de 3 a 7, segundo o Cepea, a alta nas indústrias passou de 10%. De 10 a 14, mais R$ 4,19%, chegando a R$ 3,0488/l, livre de imposto e frete.

Vale ressaltar, que mesmo com a alta dos preços dos postos de combustíveis, na semana que termina, as distribuidoras de Paulínia (SP), principal hub brasileiro, tiveram de dar descontos por três dias seguidos, o que dava a entender que poderia haver queda também nas usinas.

Para Ono, pesou a influência da semana anterior, onde as distribuidoras deram médias diárias firmes de reajustes. A defasagem de tempo de repasse dos postos também influenciou, além dos baixos estoques do segmento.

A partir desta segunda (17), a SCA Trading estima que haverá um “viés de queda”.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Painel da Opep+ reduz projeção para crescimento da demanda por petróleo

A Opep+ reduziu projeções de crescimento da demanda por petróleo em 2021 em 300 mil barris por dia, o que reflete preocupações sobre a recuperação do mercado à medida que novos “lockdowns contra o coronavírus entram em vigor, segundo relatório de um painel de especialistas do grupo visto pela Reuters.

Postos dizem que distribuidor represa cortes da Petrobras, querem ação da ANP

Sindicatos de revendedores de combustíveis do Brasil pediram à agência reguladora ANP que autorize postos bandeirados a escolherem seus fornecedores.

Etanol/EUA: produção pode ter se aproximado de 1 milhão de barris na semana passada, dizem analistas

A produção de etanol nos Estados Unidos pode ter se aproximado de 1 milhão de barris por dia na semana encerrada em 14 de maio, de acordo com analistas consultados pelo The Wall Street Journal. As estimativas vão de 960 mil a 992 mil barris por dia, em comparação a 979 mil barris por dia na semana anterior.

Combustíveis podem ficar até 10% mais caros em 2021

Se a diminuição dos deslocamentos, por conta da covid-19, provocou uma redução da demanda e preço dos combustíveis fósseis neste ano, é esperado que a retomada econômica mundial gere maior competição e os preços voltem a subir