Safra de cana praticamente começou e mais oferta de etanol estará disponível no mercado (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

Esta terça-feira (30) será importante para se saber se o etanol hidratado saiu do fundo do poço. Na véspera, o biocombustível reagiu nas fábricas e nas distribuidoras, após os tombos espetaculares da semana anterior.

A Safras & Mercado viu o litro sendo negociado em torno dos R$ 2,80 em Ribeirão Preto, com imposto e sem frete, R$ 0,07 acima da sexta-feira. Até este dia, na média da semana, o recuo na usina foi de 15,84% (R$ 2,3071, livres), segundo o Cepea.

Nas distribuidoras localizadas em Paulínia, ontem houve alta de 1,65% e o litro, a R$ R$ 2,3405, encurtou a retração acumulada no mês para 18,86%.

O movimento de liquidação dos estoques estava bastante evidente e pode ter cessado, com as distribuidoras voltando às compras mesmo com a baixa circulação da população diante das restrições estaduais e municipais de enfrentamento à pandemia.

Embora tenha havido recuo nos preços da gasolina nas bombas também na semana passada, de acordo com a ANP, Maurício Muruci, da Safras, acredita que a competitividade do etanol hidratado ainda não está boa.

Em levantamento da Abicom, que reúne os importadores de combustíveis, a defasagem da gasolina para o petróleo alcançou hoje R$ 0,21 por litro.

O movimento constante de queda dos preços das distribuidoras chegou também aos postos.

Além do cenário de influência do petróleo, que interrompeu as altas com o desencalhe do navio no Canal de Suez, também a safra do Centro-Sul já está ofertando mais etanol, embora oficialmente o ciclo comece dia 1º de abril.

Portanto, ainda há ameaças à sustentação dos preços.

Fonte: Money Times

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Entenda por que a anp definiu novos padrões para a gasolina à venda no Brasil

COMBUSTÍVEL MAIS EFICIENTE (E MAIS CARO) CHEGA AOS POSTOS A PARTIR DE…

Etanol sobe quase 18% em março; gasolina tem alta de 12% e se aproxima dos R$ 6

Em março, houve alta de dois dígitos nos preços dos combustíveis mais utilizados em automóveis praticados pelos postos de distribuição. Segundo o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o etanol teve aumento de 17,97% mês passado em relação a fevereiro, chegando ao preço médio de R$ 4,599 por litro. Já a gasolina subiu 12,06%, a R$ 5,717.

Preço da gasolina nos postos sobe pela 3ª semana seguida, aponta ANP

O preço médio da gasolina nos postos do país aumentou pela 3ª semana seguida, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP).

Após semanas consecutivas de alta, etanol fecha estável

Depois de subir por 11 semanas consecutivas, os preços do etanol hidratado (pagos ao produtor) fecharam estáveis no estado de São Paulo entre 8 e 12 de março.