Os preços médios do etanol hidratado subiram em 20 Estados e no Distrito Federal na semana de 29 de dezembro de 2019 a 4 de janeiro de 2020, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Houve queda em seis Estados brasileiros.

Nos postos pesquisados pela ANP, o preço médio do etanol subiu 0,54% na semana ante a anterior, de R$ 3,157 para R$ 3,174.

Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a alta foi 0,60% no período e a cotação média do hidratado variou de R$ 2,979 para R$ 2,997 o litro. A maior alta semanal, de 4,21%, foi em Sergipe e a maior queda, de 0,65%, no Tocantins.

Na comparação mensal, os preços do etanol subiram em 23 Estados e no Distrito Federal e recuaram outras 3 unidades da Federação.

Na média brasileira, o preço do biocombustível pesquisado pela ANP acumulou alta mensal de 5,62%.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,478 o litro, em São Paulo, e o menor preço médio estadual, de R$ 2,932, foi registrado em Mato Grosso.

O preço máximo individual, de R$ 4,990 o litro, foi registrado em um posto do Rio Grande do Sul. O Rio Grande do Sul também registrou o maior preço médio, de R$ 4,236 o litro.

Fonte: Estadão Conteúdo – Texto extraído do portal Istoé Dinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços da gasolina e do diesel recuam nos postos nesta semana, diz ANP

Valor médio do litro da gasolina para o consumidor recuou 0,35%, a R$ 4,515. Já o preço do diesel teve queda de 1,17%no período, para R$ 3,618.

Preços dos combustíveis têm alta no início de janeiro, diz ANP

Valor médio da gasolina por litro para o consumidor subiu 0,07%, para R$ 4,558, na semana encerrada em 4 de janeiro. Foi o décimo aumento seguido.

Petrobras aumenta gasolina em 10%; no acumulado do ano, queda ainda é de 24%

A Petrobras (SA:PETR4) elevará os preços médios da gasolina em suas refinarias em 10% a partir de terça-feira.