França anuncia subsídio de 100 euros para compensar aumento do combustível

Este cheque único, equivalente a cerca de 115 dólares e que será destinado a pessoas com emprego, desempregados que buscam trabalho e aposentados

AFP – Os franceses que ganharem menos de 2.000 euros líquidos por mês serão beneficiados com um auxílio de 100 euros a partir de dezembro para compensar o encarecimento do combustível, anunciou o primeiro-ministro Jean Castex nesta quinta-feira (21).

Este cheque único, equivalente a cerca de 115 dólares e que será destinado a pessoas com emprego, desempregados que buscam trabalho e aposentados, é a solução “mais justa e mais eficaz”, anunciou Castex à rede privada TF1.

O dispositivo ainda será revelado nos próximos dias, mas o chefe do governo adiantou que os 38 milhões de beneficiários desta “indenização da inflação” não precisarão realizar transações porque o pagamento será “automático”.

O Executivo francês buscava há dias uma “medida simples, justa e eficaz” para proteger o poder de compra, diante de uma situação que poderia representar uma bomba-relógio a seis meses da eleição presidencial.

O primeiro mandato do presidente francês, o liberal Emmanuel Macron, foi marcado pela crise dos “coletes amarelos”, que começou contra uma alta dos preços de combustíveis no final de 2018 e continuou durante parte de 2019.

Os combustíveis aumentaram na semana passada 2 centavos para níveis historicamente altos de 1,56 euro o litro para o diesel médio e 1,62 euro para a gasolina sem chumbo, com até 10% de etanol (SP95-E10).

Tudo isso em um contexto de alta dos preços do gás e da eletricidade, que obrigou os governos de algumas das principais economias do mundo a anunciarem um “escudo” energético no final de setembro para frear esses aumentos.

O preço do gás permanecerá bloqueado “ao longo de 2022”, informou Castex nesta quinta-feira, ao explicar que, segundo os especialistas, a queda dos preços “será mais lenta” que o previsto.

Produção de etanol anidro cresce 22,3% no Nordeste, diz NovaBio

Com a safra 2021/22 em andamento, dados compilados pela Associação dos Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia (NovaBio) sinalizam que a moagem de cana no Norte-Nordeste atingiu 28,67 milhões de toneladas no acumulado até 15 de novembro.

Valor do petróleo cai 2% e Petrobras ganha espaço para cortar preços no Brasil

O preço do barril de petróleo tipo brent atingiu os US$ 67,44 nesta quinta-feira, 2, o que representa uma queda de 2,08% em relação aos valores praticados na data anterior.

Abastecer com GNV rende quase o dobro que gasolina e etanol, aponta Abegás

Um levantamento da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) mostra que, atualmente, o Gás Natural Veicular (GNV) tem rendido quase o dobro da gasolina e do etanol.