Governo de São Paulo muda regra do ICMS e afeta Copape

Copape Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um decreto publicado no início do mês pelo governo de São Paulo vai dificultar um pouco mais a vida das empresas formuladoras de  combustível no estado, em especial a Copape, que está em uma ferrenha disputa fiscal com o Estado. Pelo decreto 65.848/2021, as formuladoras passam a ter que recolher ICMS a cada 15 dias. Uma empresa formuladora é aquela  que produz combustíveis a partir de derivados de petróleo já prontos.

Os olhos do fisco paulista se voltaram para a empresa depois que, de repente, suas vendas explodiram saindo de uma média de 7 milhões de litros de gasolina por mês em 2019 para mais de 140 milhões de litros mensais a partir de julho do ano passado. A empresa também mudou recentemente de donos e migrou sua sede de Guarulhos para Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Sua gasolina é distribuída para postos de outra empresa do grupo, a Aster. O fisco paulista diz que a empresa deve mais de 1,3 bilhão de reais em impostos não recolhidos e o governo também emplacou a empresa em regime especial. A briga já está na Justiça. 

Fonte: VEJA

Petróleo fecha em alta, apoiado por queda nos estoques dos EUA

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira, 20. Apesar de abrirem em baixa com a previsão de aumento nos estoques do óleo dos Estados Unidos, os ativos operaram em geral no positivo e ganharam força quando o resultado foi de queda nos estoques.

Produção de etanol nos EUA sobe 6,2% na semana, para 1,096 milhão de barris/dia

A produção média de etanol nos Estados Unidos foi de 1,096 milhão de barris por dia na semana encerrada em 15 de outubro.

Iraque: o petróleo pode chegar a US $ 100 no próximo ano

Os preços do petróleo podem chegar a US $ 100 o barril durante o primeiro semestre de 2022 em meio a baixos estoques comerciais globais, disse o ministro do Petróleo do Iraque, Ihsan Abdul Jabbar Ismaael , na quarta-feira, conforme publicado pela Reuters.