Biodiesel em alta (Crédito: Arquivo/Dinheiro Rural)

Em reunião com representantes do setor de biodiesel, o governo federal descartou, nesta quarta-feira (10/3), a possibilidade de reduzir o percentual de mistura obrigatória do biocombustível ao diesel fóssil como forma de fazer frente à alta dos preços no mercado interno. A informação foi divulgada pela Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (Aprobio), em nota. A redução da mistura havia sido pleiteada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) na semana passada.

“Reafirmamos com veemência que a posição do Governo, manifestada por mim e pelos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, é de defesa dos biocombustíveis”, afirmou o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, segundo o divulgado pela Abrobio.

Além da entidade, o encontro teve a participação de políticos da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel (FPBio), Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), informa o comunicado.

O pedido da Confederação Nacional do Transporte (CNT) era de um corte de 50% no mandato estabelecido no país, de 13%. Nas contas da CNT, se a mistura de biodiesel no diesel caísse a 7%, o preço combustível recuaria 4,1%. Caso a mistura fosse reduzida para 6%, o recuo seria de 4,8%.

Representantes dos produtores de biocombustíveis reagiram. Em suas redes sociais, a Abiove afirmou que a CNT tentou “transferir para outro setor a responsabilidade de corrigir aumentos de preços no diesel que decorrem do valor internacional do petróleo e da desvalorização do real frente ao dólar”

Na avaliação da Aprobio, a manifestação do governo, feita nesta quarta-feira, tira “qualquer dúvida sobre o risco de redução da mistura de biodiesel no diesel”. “Agradecemos a sensibilidade do Governo e reafirmamos o compromisso do setor de continuar com os planos de investimentos no crescimento da produção, beneficiando toda a cadeia do agronegócio envolvida e gerando empregos”, afirmou o presidente do conselho de administração da entidade, Erasmo Carlos Battistella.
Autor/Veículo: Globo Rural

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Estoque de petróleo dos EUA despenca com aumento em atividade de refino, diz AIE

Os estoques de petróleo dos Estados Unidos despencaram de forma inesperada na semana passada, recuando em mais de 6 milhões de barris.

Petróleo tem máxima de 11 meses e alta na semana com corte de oferta saudita

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo atingiram o maior nível em quase…

Etanol/Cepea: Indicadores se mantêm em alta há 8 semanas

Os preços dos etanóis anidro e hidratado estão em movimento de elevação…

Petróleo cai em movimento amplo para evitar riscos impulsionado por cautela com estímulo e vírus

Investing.com – Os preços do petróleo caíam acentuadamente na segunda-feira (21) como…