Governo espera que MP reduza preço de combustíveis, mas quer mais de Estados

“Esperamos que também tenhamos a mesma contrapartida dos tributos estaduais, o tributo estadual representa em média 27% da gasolina (do preço na bomba), 14% para o diesel, 15% para o etanol hidratado e 14% para o gás de cozinha”, disse Albuquerque

O governo federal avalia que uma medida provisória sobre o setor de combustíveis editada nesta quarta-feira possa colaborar para uma maior competição entre empresas que resulte em preços menores aos consumidores, mas quer que Estados também colaborem cobrando menores tributos dos produtos, disse o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Na cerimônia da assinatura da MP, o ministro lembrou que o governo chegou zerar os tributos federais do diesel e do gás de cozinha, mas destacou que o tributo estadual ICMS representa a maior parte dos impostos cobrados dos combustíveis, reiterando afirmações já feitas pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Esperamos que também tenhamos a mesma contrapartida dos tributos estaduais, o tributo estadual representa em média 27% da gasolina (do preço na bomba), 14% para o diesel, 15% para o etanol hidratado e 14% para o gás de cozinha”, disse Albuquerque.

“Além disso, o ICMS é cobrado a partir de percentual sobre base de cálculo que acompanha o preço final na bomba de abastecimento, potencializando a alta para o consumidor”, afirmou.

Ele ressaltou ainda que, no caso dos tributos federais, trata-se de um valor fixo.

Petróleo fecha em alta com foco em restrição de oferta, apesar de dólar forte

O petróleo fechou em alta nesta terça-feira, 26, com o foco dos investidores voltado para a crise energética que tem elevado o preço do barril recentemente. A demanda pela commodity aumentou com a reabertura econômica e também devido à escassez de gás natural no mercado. No entanto, a oferta não tem sido capaz de compensar a maior procura.

Caminhoneiros protestam em rodovia no Pará contra reajustes do diesel

Caminhoneiros bloquearam parcialmente a rodovia BR-316, na região metropolitana de Belém, na manhã desta terça-feira (26). Dentre as reivindicações dos manifestantes, está a política de preços do óleo diesel no país.

Gestores de dinheiro estão jogando seu peso por trás da alta do preço do petróleo

A perspectiva de o petróleo Brent chegar a US $ 90 por barril está se tornando cada vez mais realista, e o West Texas Intermediate ontem atingiu o nível mais alto desde 2014. Isso está alimentando um forte sentimento de alta no mercado de petróleo.