Dados preliminares mostraram que a produção de petróleo bruto aumentou 20% em 2020 ante 2019 para 1,7 milhão de barris por dia (Imagem: Reuters/Angus Mordant)

O regulador da indústria de petróleo da Noruega disse nesta quinta-feira que cortou suas previsões de produção de petróleo para 2021-2023, embora a produção ainda esteja em vias de crescer com a entrada em operação de novos campos.

Dados preliminares mostraram que a produção de petróleo bruto aumentou 20% em 2020 ante 2019 para 1,7 milhão de barris por dia (bpd), mesmo com a produção sendo contida por uma greve de trabalhadores e também por restrições do governo para ajudar a elevar os preços globais.

A Norwegian Petroleum Directorate (NPD) espera que a produção de petróleo cresça 3,6% neste ano, para 1,76 milhão de barris por dia (bpd), ante uma estimativa anterior de 1,87 milhão de bpd.

A previsão para 2024 foi, entretanto, aumentada em 2,6%, para uma máxima esperada de 16 anos, de 2,1 milhões de bpd.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços do petróleo registram forte alta após ataques na Arábia Saudita

Preços chegaram a subir quase 20%, segundo sites internacionais. Produção do país foi cortada pela metade neste sábado (14).

Em defasagem na Petrobras, gasolina sobe nos postos e garante alta do etanol na usina

A previsão de que o etanol hidratado engataria uma quarta semana consecutiva de alta nas indústrias se confirmou na sexta, quando, no levantamento do Cepea/Esalq, se apontou mais 0,47%, a R$ 2,0737 o litro de livre de frete e impostos.

Preço médio da gasolina nas bombas recua pela 6ª semana seguida, diz ANP

Valor do diesel, etanol e gás de cozinha também tiveram redução na última semana.

Impacto de vacina sobre demanda por petróleo ainda levará muitos meses, diz IEA

O lançamento de vacinas neste mês para combater a pandemia de coronavírus…