O alto custo da queda dos preços dos combustíveis

O preço dos combustíveis é um tema que mobiliza as sociedades em todo o mundo de forma permanente. Nos momentos de alta, pesa no bolso dos consumidores, gera inflação e prejudica a rentabilidade de diversas categorias. Nos períodos de baixa, questiona-se a razão pela qual as reduções não chegam às bombas. O tema é popular, o que faz alguns países recorrerem a subsídios para evitar os aumentos, alguns gastando mais com combustíveis que com educação, caso de Irã, Venezuela, Equador, Arábia Saudita e Argélia.

No Brasil, os preços da gasolina e do diesel acumularam em 2021 aumentos de, respectivamente, 70% e 65%. A sequência de acréscimos tem impulsionado número crescente de propostas sobre o tema no Congresso. A iniciativa mais madura é o Projeto de Lei (PL) 1.472/2021, que cria fundo de estabilização, altera a política de preços da Petrobras e institui imposto sobre as exportações de petróleo cru. O projeto foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado e está pronto para ir a plenário.

Distribuidoras regionais saem do mercado e importação de combustíveis tem nova concentração

No meio da crise de preços devido à crise do petróleo no mercado internacional, o setor de distribuição de combustíveis brasileiro voltou a ter uma nova concentração de postos bandeirados, acelerados pelas dificuldades de importação pelas distribuidoras regionais.

Confaz pedirá prorrogação de prazo a Mendonça sobre ICMS dos combustíveis

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) ainda não se manifestou sobre a declaração do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), de querer votar o projeto que limita o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis na próxima terça (24/5).

Por que os investidores devem prestar muita atenção ao desaparecimento do spread WTI-Brent

O investidor médio pode não pensar muito sobre o spread do preço do petróleo entre o West Texas Intermediate (WTI) e o Brent Crude, que geralmente é de apenas alguns dólares por barril - mas a diferença é realmente vital, e que todo petróleo em potencial investidor precisa entender.