OPEP pode não ampliar produção, diz ministro do Petróleo do Kuwait

O aumento na produção de petróleo acordado no mês passado pelos países da OPEP+ pode ser reconsiderado na próxima reunião do grupo em 1º de setembro, disse o ministro do Petróleo do Kuwait no domingo.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e um grupo de aliados liderados pela Rússia, conhecidos coletivamente como OPEP+, se reunirão na quarta-feira para discutir o aumento previamente acordado de 400 mil barris por dia (bpd) para os próximos meses.

“Os mercados estão desacelerando. Como a Covid-19 iniciou sua quarta onda em algumas áreas, devemos ter cuidado e reconsiderar esse aumento. O aumento de 400.000 (bpd) pode ser interrompido”, disse Mohammad Abdulatif al-Fares à Reuters nos bastidores de um evento patrocinado pelo governo na cidade do Kuwait.

As economias dos países do Leste Asiático e da China continuam afetadas pela Covid-19 e se deve ter cautela, acrescentou Fares.

Petróleo fecha em alta, apoiado por queda nos estoques dos EUA

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira, 20. Apesar de abrirem em baixa com a previsão de aumento nos estoques do óleo dos Estados Unidos, os ativos operaram em geral no positivo e ganharam força quando o resultado foi de queda nos estoques.

Produção de etanol nos EUA sobe 6,2% na semana, para 1,096 milhão de barris/dia

A produção média de etanol nos Estados Unidos foi de 1,096 milhão de barris por dia na semana encerrada em 15 de outubro.

Iraque: o petróleo pode chegar a US $ 100 no próximo ano

Os preços do petróleo podem chegar a US $ 100 o barril durante o primeiro semestre de 2022 em meio a baixos estoques comerciais globais, disse o ministro do Petróleo do Iraque, Ihsan Abdul Jabbar Ismaael , na quarta-feira, conforme publicado pela Reuters.