Opep revisa em baixa projeção para crescimento na demanda por petróleo em 2021

Brodcast – São Paulo, 11/11/2021 – A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) afirma, em relatório mensal publicado hoje, que revisou em baixa sua previsão para o crescimento na demanda pela commodity em 2021. O corte foi de 16 mil barris por dia (bpd) ante o mês anterior, a 5,7 milhões de barris por dia. As revisões foram fruto sobretudo de expectativa menor de China e Índia no terceiro trimestre deste ano, diz o documento. A demanda global deve atingir 96,4 milhões de bpd neste ano. Para 2022, a previsão de crescimento foi mantida, a 4,2 milhões de bpd.

A demanda global total por petróleo deve atingir 100,6 milhões de bpd em 2022, cerca de 500 mil barris por dia superior aos níveis de 2019, compara a Opep. O cartel destaca o aumento de 12% nos preços do petróleo no mercado à vista em outubro, diante de avanço nos preços de energia na Europa e na Ásia.

Sobre a economia mundial, a Opep diz que manteve suas projeções de crescimento para 2021 e 2021, de 5,4% e 4,2%, respectivamente. A retomada robusta continua a ser desafiada pelas incertezas relacionadas à pandemia da covid-19 e sua variantes e ao ritmo de vacinação pelo mundo, afirma a entidade, citando também gargalos nas cadeias de produção pelo mundo.

Já na frente da oferta de petróleo, a Opep diz esperar crescimento de 700 mil barris por dia em 2021, sem mudanças ante o mês anterior, para em média 63,6 milhões de bpd. A expectativa para o crescimento da oferta de fora do grupo também não teve alterações, em 3,0 milhões de bpd, para em média 66,7 milhões de bpd.

Em outubro, a produção de petróleo da Opep aumentou 22 mil bpd, para uma média de 27,45 milhões de bpd, segundo fontes secundárias disponíveis, diz o relatório.

Produção de etanol anidro cresce 22,3% no Nordeste, diz NovaBio

Com a safra 2021/22 em andamento, dados compilados pela Associação dos Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia (NovaBio) sinalizam que a moagem de cana no Norte-Nordeste atingiu 28,67 milhões de toneladas no acumulado até 15 de novembro.

Valor do petróleo cai 2% e Petrobras ganha espaço para cortar preços no Brasil

O preço do barril de petróleo tipo brent atingiu os US$ 67,44 nesta quinta-feira, 2, o que representa uma queda de 2,08% em relação aos valores praticados na data anterior.

Abastecer com GNV rende quase o dobro que gasolina e etanol, aponta Abegás

Um levantamento da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) mostra que, atualmente, o Gás Natural Veicular (GNV) tem rendido quase o dobro da gasolina e do etanol.