Refinaria da Petrobras em Canoas (RS) REUTERS/Diego Vara

A Petrobras elevará o preço médio da gasolina nas refinarias em 12% a partir de quinta-feira e manterá o valor do diesel, confirmou a petroleira nesta quarta-feira após ser consultada.

O avanço ocorre após uma recuperação recente dos preços do barril do petróleo no mercado internacional, à medida que alguns países da Europa e da Ásia, assim como diversos Estados norte-americanos, começaram a flexibilizar medidas de isolamento tomadas em função da pandemia de coronavírus.

O repasse de ajustes em valores da gasolina cobrados nas refinarias aos consumidores finais, nos postos, não é imediato e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro.

Fonte: UOL Economia

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Petrobras: recuperação do petróleo pode reacender o risco político para a estatal?

Analistas apontam que o cenário da estatal hoje é diferente, mas ruídos políticos ainda afetam a companhia e não deixam de ser um risco

75º Leilão de Biodiesel da ANP negocia 1,19 bilhões de litros

No 75º Leilão de Biodiesel da ANP, foram arrematados 1.189.020.000 litros de biodiesel para atendimento à mistura obrigatória; não houve arremates para mistura voluntária.

Preços dos combustíveis voltam a subir nos postos; gasolina passa de R$ 4

Segundo levantamento semanal da ANP, valor médio do litro da gasolina para o consumidor avançou 0,9%, para R$ 4,022.