A empresa registrou um recorde no mês para as vendas de diesel S-10, com 2,01 milhões de m³, superando maior marca anterior de setembro (1,91 milhão de m³) (Imagem: Reuters/Sergio Moraes)

As vendas totais de diesel pela Petrobras (PETR4) em outubro somaram cerca de 4 milhões de metros cúbicos, volume 6,3% superior ao visto no mesmo período do ano passado, embora ainda sob efeitos da pandemia de coronavírus, informou a companhia em comunicado nesta terça-feira.

A empresa registrou um recorde no mês para as vendas de diesel S-10, com 2,01 milhões de m³, superando maior marca anterior de setembro (1,91 milhão de m³).

“O recorde das vendas do diesel S-10 e o crescimento das vendas totais de diesel refletem as ações comerciais implementadas pela companhia com objetivo de mitigar efeitos da pandemia da Covid-19 sobre a demanda de combustíveis e os esforços bem-sucedidos de ampliar a oferta do produto com menor teor de enxofre, em substituição ao diesel S-500”, afirmou a estatal.

As vendas de asfalto da Petrobras também tiveram recorde em outubro, com 265 mil toneladas, maior volume mensal desde novembro de 2014.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

2 Fatores Pressionam o Petróleo e 3 Podem Afetar o Mercado nas Próximas Semanas

A eleição presidencial nos EUA, os novos bloqueios na Europa e outras notícias iminentes…

TST diz que greve na Petrobras é ilegal e que petroleiros devem voltar ao trabalho

Com 17 dias de duração, essa é a maior greve da categoria desde 1995