Petróleo brent cai abaixo de US$ 68 antes de relatório de estoques dos EUA

A Arábia Saudita, no entanto, disse que frustrou o ataque, desencadeando a queda nos preços do petróleo (Imagem: Pixabay)

O petróleo Brent recuou para cerca 68 dólares por barril em uma sessão volátil nesta terça-feira, pressionado pelo alívio nos temores de interrupção de oferta na Arábia Saudita, que ofuscou uma pausa no rali do dólar e perspectivas de oferta mais apertada diante dos cortes de produção da Opep+.

Na segunda-feira, a commodity havia atingido o maior nível desde o início da pandemia de coronavírus, um dia depois de forças iemenitas Houthi atacarem instalações petrolíferas sauditas.

A Arábia Saudita, no entanto, disse que frustrou o ataque, desencadeando a queda nos preços do petróleo.

O petróleo Brent fechou em queda de 0,72 dólar, ou 1,06%, a 67,52 dólares o barril. O contrato cedeu após ser negociado em uma máxima de 69,33 dólares.

Na véspera, atingiu 71,38 dólares, maior valor desde 8 de janeiro de 2020.

Já o petróleo dos Estados Unidos (WTI) recuou 1,04 dólar, ou 1,6%, para 64,01 dólares o barril. O contrato tocou sua máxima desde outubro de 2018 na segunda-feira.

“Há uma expectativa de que veremos um novo aumento na oferta de petróleo nos EUA, porque as refinarias continuam fechadas”, disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group.

Na semana passada, os estoques de petróleo dos EUA tiveram uma diminuição recorde após uma tempestade de inverno no Texas, que interrompeu a operação de refinarias.

“O mercado parece estar se aliviando dessas preocupações. Ele teve uma sequência incrível de alta, e está pronto para uma correção”, afirmou Flynn.

Fonte: Reuters

Tendência de Reajuste Diesel e Gasolina 08/12/21

Os preços dos combustíveis não sofreram reajuste em 08/12 nas refinarias. O preço médio da Gasolina será comercializado a...

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Na Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros do Petróleo em janeiro foram negociados na entrega a US$ 72,02 por barril no momento da escrita, subindo 3,64%.

EUA devem anunciar ajuda de US$ 700 mi para setor de biocombustível

O governo Biden deve anunciar 700 milhões de dólares em auxílios relacionados à pandemia de Covid-19 para a indústria de biocombustíveis dos EUA nesta terça-feira, combinando o anúncio com novos mandatos de biocombustíveis que provavelmente desapontarão a indústria, de acordo com duas fontes com conhecimento do anúncio.