Navio Nabarima, da estatal venezuelana de petróleo PDVSA — Foto: Divulgação/Fishermen and Friends of the Sea – FFOS

O petróleo Brent, valor de referência global da commodity, atingiu uma máxima de mais de dois meses nesta quarta-feira (11), superando a marca de US$ 45 por barril, por expectativas de que uma vacina contra a Covid-19 possa impulsionar a demanda, embora preocupações com o aumento no número de casos da doença tenham feito com que a cotação perdesse força na sequência.

O Brent fechou em alta de US$ 0,19, ou 0,4%, a US$ 43,80 por barril, após alcançar uma máxima de US$ 45,30 na sessão — a primeira vez em que ultrapassa a marca de US$ 45 desde o início de setembro.

O petróleo dos Estados Unidos (WTI) avançou US$ 0,09, a US$ 41,45 o barril, depois de tocar máxima de US$ 43,06.

Tanto Brent quanto WTI acumulam altas de cerca de 11% nesta semana, após dados iniciais de testes mostrarem que a vacina experimental contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e pela alemã BioNTech teve eficácia de 90%.

Apesar disso, preocupações com o aumento no número de casos de coronavírus ainda pressionam o mercado.

“O número recorde de casos é suficiente para fazer todo mundo voltar para a realidade”, disse Bob Yawger, diretor de Futuros de Energia do Mizuho.

A expectativa de que uma vacina possa restaurar a demanda por combustíveis no setor de transportes é crítica para o petróleo, acrescentou John Kilduff, sócio-fundador da Again Capital.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

CNPE deve publicar em setembro metas de corte de emissões do RenovaBio para 2022-2031

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) deverá publicar no fim de setembro as metas compulsórias anuais de redução de emissões de gases causadores do efeito estufa para o período 2022-2031

Postos dizem que distribuidor represa cortes da Petrobras, querem ação da ANP

Sindicatos de revendedores de combustíveis do Brasil pediram à agência reguladora ANP que autorize postos bandeirados a escolherem seus fornecedores.

Petrobras eleva diesel em 8% na refinaria partir de sexta; gasolina sobe 5%

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras anunciou reajuste médio de 8% para…

Preço da gasolina e do diesel nas bombas termina a semana em alta, diz ANP

O valor da gasolina para os consumidores subiu pela 6ª semana seguida, enquanto o do diesel interrompeu sequência de três quedas consecutivas.