Ambos os contratos chegaram a perder até 3 dólares no início da sessão, na maior queda diária em seis meses (Imagem: Pixabay)

Os preços do petróleo despencaram quase 3% nesta segunda-feira, à medida que uma nova variante do coronavírus com rápida disseminação, que fechou boa parte do Reino Unido e levou a Europa a impor medidas restritivas mais duras, gera temores de uma recuperação mais lenta na demanda por combustíveis.

O petróleo Brent fechou em queda de 1,35 dólar, ou 2,6%, a 50,91 dólares por barril, enquanto o petróleo dos Estados Unidos (WTI) para entrega em janeiro recuou 1,36 dólar, ou 2,8%, para 47,74 dólares o barril, antes de expirar.

O vencimento mais ativo do WTI, para fevereiro, teve baixa de 1,27 dólar, ou 2,6%, e fechou a sessão cotado a 47,97 dólares/barril.

Ambos os contratos chegaram a perder até 3 dólares no início da sessão, na maior queda diária em seis meses.

A valorização do dólar também pressionou os mercados do petróleo. A divisa norte-americana mais forte torna commodities precificadas em dólar, como o petróleo, mais caras para detentores de outras moedas.

“Notícias de uma nova cepa do coronavírus pesaram sobre o sentimento de risco e o petróleo. Novas restrições à mobilidade pela Europa também não estão ajudando, uma vez que a demanda europeia vai sofrer”, disse Giovanni Staunovo, analista do UBS.

“Os investidores precisam estar cientes de que o caminho rumo a uma demanda maior e preços mais elevados seguirá instável”, acrescentou.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Petrobras conclui testes para produção de “diesel renovável”

A Petrobras informou que concluiu com sucesso testes em escala industrial para a produção de “diesel renovável”

Justiça do Rio suspende leilão de Biodiesel da ANP por ação da Aprobio

A Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio) obteve decisão favorável…

Após forte aumento, etanol deve moderar esta semana, mas com fatores positivos

Até que a Petrobras (PETR3, PETR4) reduzisse em 4% a gasolina na refinaria, na sexta (16), o…

Cade aprova venda da Liquigás, mas com restrições

Acordo para venda da distribuidora pela Petrobras ao consórcio foi assinado em novembro do ano passado e envolve R$ 3,7 bilhões.