Petróleo fecha em alta de mais de 2%, apoiado por diálogo de Biden e Xi Jinping

O petróleo fechou em alta, nesta sexta-feira, 10. Os contratos foram apoiados pela notícia de um telefonema entre os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da China, Xi Jinping, que conversaram sobre cooperação bilateral.

O petróleo WTI para outubro fechou em alta de 2,23% (US$ 1,58), em US$ 69,72 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para novembro avançou 2,06% (US$ 1,47), a US$ 72,92 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE). Na comparação semanal, o WTI subiu 0,62% e o Brent, 0,43%.

A Casa Branca informou que Biden e Xi tiveram o segundo telefonema desde que o americano assumiu o posto, em janeiro. A nota do governo americano diz que houve uma “ampla e estratégica discussão”, tratando de temas nos quais os interesses convergem, mas também das diferenças. O Financial Times, por exemplo, informa que o telefonema foi uma tentativa para relançar relações estremecidas, após contatos pouco produtivos entre funcionários menos graduados dos dois governos. A notícia apoiou em parte a tomada de risco, embora sem euforia e com quadro misto nos mercados globais.

A Capital Economics afirma que o petróleo tem oscilado perto da faixa de US$ 70 o barril. Em relatório, a consultoria diz que preocupações sobre a demanda têm impedido ganhos nos preços, enquanto a postura gradual da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) acaba por garantir um piso para os preços.

A Rystad Energy, por sua vez, nota que houve certo “pânico” na quinta-feira com a notícia de que a China liberou algumas reservas para leilão, pressionando os preços. Logo, porém, a calma voltou, com operadores considerando que problemas recentes na oferta dos EUA, após a passagem do furacão Ida pela Costa do Golfo, importante polo produtor da commodity, contrabalançam o quadro.

Ainda no noticiário de hoje, o número de poços e plataformas de petróleo em atividade nos EUA subiu 7 na semana, a 401, informou hoje a Baker Hughes. O país se recupera gradualmente dos impactos da passagem do furacão.

Petróleo fecha em alta, apoiado por queda nos estoques dos EUA

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira, 20. Apesar de abrirem em baixa com a previsão de aumento nos estoques do óleo dos Estados Unidos, os ativos operaram em geral no positivo e ganharam força quando o resultado foi de queda nos estoques.

Produção de etanol nos EUA sobe 6,2% na semana, para 1,096 milhão de barris/dia

A produção média de etanol nos Estados Unidos foi de 1,096 milhão de barris por dia na semana encerrada em 15 de outubro.

Iraque: o petróleo pode chegar a US $ 100 no próximo ano

Os preços do petróleo podem chegar a US $ 100 o barril durante o primeiro semestre de 2022 em meio a baixos estoques comerciais globais, disse o ministro do Petróleo do Iraque, Ihsan Abdul Jabbar Ismaael , na quarta-feira, conforme publicado pela Reuters.