Os contratos futuros do petróleo fecharam em queda nesta quinta-feira (10), pressionados pelos dados que indicaram aumento dos estoques americanos de petróleo na semana passada.

O contrato do petróleo Brent para novembro fechou em queda de 1,78%, a US$ 40,06 por barril, na ICE, em Londres, enquanto o contato do petróleo WTI para outubro recuou 1,97%, a US$ 38,05 por barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex).

Campo de exploração de petróleo no RN — Foto: Getúlio Moura/Petrobras/Divulgação

O Departamento de Energia dos EUA (DoE, na sigla em inglês) informou mais cedo que os estoques de petróleo do país aumentaram em 2,033 milhões de barris na semana encerrada em 4 de setembro, depois de seis quedas semanais consecutivas. O resultado contrariou a expectativa de queda de 1,2 milhões de barris de especialistas consultados pelo “Wall Street Journal”.

Além do dado negativo, os preços da commodity foram pressionados também pela valorização do dólar, com o euro devolvendo os fortes ganhos vistos mais cedo. No fim da tarde desta quinta, o índice dólar DXY operava em alta de 0,15%, a 93,395 pontos, com a libra caindo 1,57% frente à divisa americana, cotada a US$ 1,27894.

Fonte: Valor Online

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Petrobras eleva gasolina pela 1ª vez no ano; importadores veem falta de paridade

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A Petrobras (SA:PETR4) elevará o preço médio…

Etanol confirma liquidação nas usinas antes do 3º e histórico corte seguido da gasolina

O etanol hidratado sentiu o golpe da competitividade da gasolina e bem antes do novo anúncio…

Petrobras prepara nova oferta de ações para reduzir ainda mais fatia na BR

Desde 2017, petroleira deixou de ser a única acionista para uma participação de 41,25%