Petróleo sobe 3% em recuperação ante dados de estoque dos EUA

Os preços do petróleo romperam uma série de seis dias de quedas, à medida em que as preocupações com a Covid e seus potenciais impactos na demanda foram afastados pelos investidores, antecipando os dados de estoque dos EUA, que provavelmente apresentarão uma queda semanal nos estoques de petróleo bruto, gasolina e diesel.

O petróleo West Texas Intermediate, negociado em Nova York, referência nos EUA, fechou as negociações de terça-feira com alta de US$ 1,81, ou 2,7%, a US$ 68,29 por barril. O WTI caiu mais de 9% nas seis sessões anteriores.

O Brent, negociado em Londres e referência global para o petróleo, subia US$ 1,70, ou 2,5%, para US$ 70,74, às 17h05 (horário de Brasília). O Brent recuou 7,7% na semana passada, a maior queda semanal em nove meses.

“Os preços do petróleo estão se recuperando conforme as pressões resultantes das preocupações com a variante Delta tomam seu curso”, afirma Ed Moya, analista da OANDA de Nova York. “O mercado de petróleo ainda está fortemente deficitário e depois do … recuo, os investidores de (ações de) energia precisam aproveitar esta oportunidade de compra.”

Os preços do petróleo também subiram diante do relatório semanal de estoque do API, ou American Petroleum Institute.

O API vai liberar às 17h30 (20:30 GMT) o registro de estoques de petróleo, gasolina e destilados dos EUA para a semana encerrada em 6 de agosto. Esses números são uma prévia dos dados oficiais de estoque semanal divulgados na quarta-feira pelo EIA (Energy Information Administration).

Analistas acompanhados pelo Investing.com preveem que os estoques de petróleo tenham caído 1,27 milhão de barris na semana passada, em comparação com o aumento da semana anterior de 3,63 milhões.

Os estoques de gasolina provavelmente caíram 1,66 milhão de barris, depois da queda de 5,3 milhões na semana findada em 30 de julho, é o que mostram as previsões.

Os estoques de destilados, que incluem diesel e óleo para aquecimento, devem apresentar declínio de 472.000 barris, após um aumento de 833.000 na semana anterior.

Petróleo sobe 3% em recuperação ante dados de estoque dos EUA

Petróleo fecha em alta, apoiado por queda nos estoques dos EUA

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira, 20. Apesar de abrirem em baixa com a previsão de aumento nos estoques do óleo dos Estados Unidos, os ativos operaram em geral no positivo e ganharam força quando o resultado foi de queda nos estoques.

Produção de etanol nos EUA sobe 6,2% na semana, para 1,096 milhão de barris/dia

A produção média de etanol nos Estados Unidos foi de 1,096 milhão de barris por dia na semana encerrada em 15 de outubro.

Iraque: o petróleo pode chegar a US $ 100 no próximo ano

Os preços do petróleo podem chegar a US $ 100 o barril durante o primeiro semestre de 2022 em meio a baixos estoques comerciais globais, disse o ministro do Petróleo do Iraque, Ihsan Abdul Jabbar Ismaael , na quarta-feira, conforme publicado pela Reuters.