Petróleo sobe com sinais de aperto na oferta

Produção de petróleo no Polo Macau, no Rio Grande do Norte. — Foto: Cedida/3R Petroleum

Os preços do petróleo subiram nesta quinta-feira, estendendo os fortes ganhos obtidos nas sessões anteriores em meio a expectativas de oferta mais restrita até o final do ano, à medida que as economias se recuperam da crise do coronavírus.

O Brent subia 20 centavos de dólar, ou 0,3%, para 72,43 dólares por barril às 10:35 (horário de Brasília), após alta de 4,2% na sessão anterior.

O petróleo bruto dos EUA West Texas Intermediate (WTI) avançava 23 centavos de dólar, ou 0,33%, para 70,53 dólares por barril, após alta de 4,6% na quarta-feira.

“Alguns pontos fracos surgiram na recuperação da demanda por petróleo, mas é improvável que isso mude a perspectiva fundamentalmente”, disse o Morgan Stanley em nota.

Membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e outros produtores, incluindo a Rússia, um grupo conhecido como Opep+, concordaram esta semana em um acordo para aumentar a oferta de petróleo em 400.000 barris por dia de agosto a dezembro para resfriar os preços e atender à demanda crescente.

Mas a demanda ainda deve superar a oferta no segundo semestre, levando os preços do Brent a serem negociados em movimento de alta próximo de 70 dólares por barril até o final de 2021, disse o Morgan Stanley.

“No final das contas, a recuperação do PIB (Produto Interno Bruto) global provavelmente permanecerá no caminho certo, os dados de estoque continuam encorajadores, nossos saldos mostram aperto no segundo semestre e esperamos que a Opep permaneça coesa”, disse.

Os estoques de petróleo bruto nos Estados Unidos, o maior consumidor mundial de petróleo, aumentaram inesperadamente em 2,1 milhões de barris na semana passada para 439,7 milhões de barris, alta pela primeira vez desde maio, mostraram dados da Administração de Informações de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês).

Os analistas do Barclays também esperavam uma redução mais rápida do que o verificado nos estoques globais de petróleo para níveis pré-pandêmicos, levando o banco a aumentar sua previsão do preço do petróleo para 2021 em 3-5 dólares, para uma média de 69 dólares o barril.

Petróleo fecha em alta com foco em restrição de oferta, apesar de dólar forte

O petróleo fechou em alta nesta terça-feira, 26, com o foco dos investidores voltado para a crise energética que tem elevado o preço do barril recentemente. A demanda pela commodity aumentou com a reabertura econômica e também devido à escassez de gás natural no mercado. No entanto, a oferta não tem sido capaz de compensar a maior procura.

Caminhoneiros protestam em rodovia no Pará contra reajustes do diesel

Caminhoneiros bloquearam parcialmente a rodovia BR-316, na região metropolitana de Belém, na manhã desta terça-feira (26). Dentre as reivindicações dos manifestantes, está a política de preços do óleo diesel no país.

Gestores de dinheiro estão jogando seu peso por trás da alta do preço do petróleo

A perspectiva de o petróleo Brent chegar a US $ 90 por barril está se tornando cada vez mais realista, e o West Texas Intermediate ontem atingiu o nível mais alto desde 2014. Isso está alimentando um forte sentimento de alta no mercado de petróleo.