Imagem: Reprodução

O petróleo se manteve em alta nesta quarta-feira (30), graças à fragilidade do dólar e após o anúncio de que as reservas americanas voltaram a cair pela terceira semana consecutiva.

O barril de Brent para entrega em fevereiro subiu 0,48%, fechando a US$ 51,34, enquanto no mercado americano, o barril de WTI subiu 0,83%, a US$ 48,40.

“Os preços foram ajudados pela fragilidade do dólar”, disse Stephen Innes, analista da firma Axi.

O dólar atingiu seu menor valor em dois anos e meio em uma cesta das principais moedas do mundo.

Para o mercado petroleiro, negociado em dólares, esta redução barateia os preços para os compradores que usam outras divisas.

Por outro lado, os Estados Unidos informaram que suas reservas comerciais caíram pela terceira semana seguida e acima do que os analistas esperavam.

Por France Presse

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Na Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros do Petróleo em Março foram negociados na entrega a US$ 53,27 por barril no momento da escrita, subindo 0,55%.

Créditos do RenovaBio começam a deslanchar

Os Créditos de Descarbonização (CBio), primeiro mercado de carbono regulado no Brasil…

Opep e China surpreendem e anunciam acordo

As bolsas da Ásia e a maioria dos mercados europeus operam em alta, impulsionados por fatores locais e um acordo entre a China e a Opep.