Foto: Reprodução

Abastecer o tanque de combustível do carro tem sido uma missão dura para muitos brasileiros. É que os preços médios da gasolina e do etanol tiveram altas consideráveis nos últimos 12 meses. O combustível fóssil, por exemplo, subiu 44,77% em um ano, enquanto o de origem vegetal ficou 50,40% mais caro no período. Com isso, surgiram vários memes, como o que mostra que a gasolina e a cerveja têm o mesmo preço e pergunta: “Vc vai ter que decidir. Quem bebe? Você ou o carro? (sic)”.

Com os sucessivos reajustes, o litro da gasolina no mês de maio saiu por, em média, R$ 5,798. E o do etanol por, em média, R$ 4,822. Os dados são da Ticket Log, empresa da área de logística e gestão de frota, e resultam de levantamento em 21 mil postos credenciados.

Tais valores são ligeiramente maiores que os anunciados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) para a segunda quinzena de maio. Neste período, o litro da gasolina saiu a R$ 5,641, enquanto o valor médio do etanol chegou a R$ 4,362 no país.

Etanol dispara em São Paulo
De acordo com o boletim da Ticket Log, as gasolinas mais barata e cara estão no Norte do país. O litro do combustível estava à venda por R$ 5,318 no Amapá, enquanto no Acre o valor chegou a R$ 6,325 — tornando-se, dessa forma, o preço mais salgado do litro da gasolina no Brasil.

Já o etanol disparou em São Paulo, com acréscimo de 13,54% no valor do litro do combustível vegetal, que, assim, registrou preço médio de R$ 4,152. No entanto, o valor mais caro do litro do etanol está no Rio Grande do Sul, onde o custo chegou a R$ 5,450.

No caso do etanol, temos o cenário oposto. O Sul é justamente a região com o maior valor médio para o litro do combustível vegetal: R$ 4,948. Já o Centro-Oeste tem menor o preço médio, a R$ 4,530. E o Sudeste apresentou a maior alta de preços, com aumento de 8,96% só no último mês. O litro de etanol mais barato é do Mato Grosso, onde custa R$ 4,134.


Autor/Veículo: Jornal do Carro

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Diesel sobe 1,8% na semana em postos do Brasil; gasolina tem 7ª alta seguida

O preço médio do diesel nos postos do Brasil voltou a subir ao longo desta semana, mostrou levantamento publicado nesta sexta-feira pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o que ocorre em meio à pressão de caminhoneiros sobre o governo devido aos custos do produto.

A subutilização do parque de refino

A complexa teia envolvendo a produção e o consumo de derivados de petróleo no país traz diferentes interpretações a respeito da redução da utilização do parque de refino brasileiro ao mesmo tempo em que ocorreu o aumento das importações de gasolina e diesel na federação.

EIA: Estoques de petróleo aumentaram em 21,5 milhões de barris

Os estoques de petróleo dos EUA aumentaram muito mais do que o esperado na última semana, disse a Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) na quarta-feira (3).

Petróleo com baixo teor de enxofre está sendo muito bem aceito, diz presidente da Petrobras

Inclusive, de acordo com Roberto Castello Branco, vem sendo vendido com prêmio sobre o tipo Brent, referência dos negócios da estatal