O preço médio da gasolina nos postos do País aumentou pela quinta semana seguida, de acordo com a pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) divulgada nesta sexta-feira (29).

Nesta semana, segundo o levantamento, o valor do litro da gasolina subiu 1%, de R$ 4,319 para R$ 4,362. Com o avanço semanal, o preço do combustível passou a acumular alta de 0,4% ano ano.

A pesquisa da ANP também apurou uma leve alta no preço do litro do diesel. O aumento foi de 0,4%, de R$ 3,540 para R$ 3,554.

Já o valor do litro do etanol ficou estável em R$ 2,969.

No acumulado de 2019, o diesel já subiu 3%, e o etanol acumula alta de 4,9%.

Preços dos combustíveis nos postos
Evolução do valor por litro, na média nacional
Fonte: ANP

Preços na refinaria

Na terça-feira, a diretoria da Petrobras aprovou mudanças na periodicidade de reajuste nos preços do diesel vendido para as refinarias. Os preços passarão a ser reajustados, no mínimo, a cada 15 dias.

Desde então, a petroleira vinha reajustando o combustível em intervalos menores, com o fim do programa de subsídios lançado pelo governo após a greve dos caminhoneiros.

A companhia também informou que sua subsidiária Petrobras Distribuidora S.A. está desenvolvendo um cartão de pagamentos que viabilizará a compra por caminhoneiros de litros de diesel a preço fixo nos postos com a bandeira BR (Cartão Caminhoneiro).

Fonte: G1 Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Sonegadores contumazes de combustíveis geram dívida de R$ 70 bilhões aos Estados

A dívida ativa total de empresas do setor de combustíveis que sonegam tributos estaduais de forma “contumaz”, operando de forma predatória, está estimada em 70 bilhões de reais, mostrou nesta quarta-feira levantamento do Instituto Combustível Legal (ICL), com base em dados das Secretarias de Fazendas dos principais Estados brasileiros.

Governo vai regulamentar venda direta de etanol para postos até outubro, diz ministro

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou em entrevista a José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, que o governo quer regulamentar até outubro a venda direta de etanol.

Petróleo fecha em baixa, com aumento da produção e receio por avanço da covid

Os contratos futuros de petróleo fecharam em baixa nesta quinta-feira, 19, com…