Imagem: Divulgação

Os preços médios do etanol na semana encerrada no sábado (14) mostraram-se vantajosos em comparação com os da gasolina em quatro estados brasileiros —São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás— todos grandes produtores do biocombustível.

O levantamento é da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), compilado pelo AE-Taxas, e considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 68,66% do preço da gasolina, em Goiás a 67,17%, em Minas Gerais a 68,66% e, em São Paulo, a paridade ficou em 69,98%.

Na média dos postos pesquisados no país, a paridade é de 70,31% entre os preços médios de etanol e gasolina, desfavorável ao biocombustível.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

ANP debate resultados da resolução sobre transparência de preços na cadeia de combustíveis

A ANP realizou hoje (13/10) o Workshop de Avaliação da Resolução ANP nº…

Mesmo com reajustes de agosto, gasolina e diesel têm queda no ano, diz Petrobras

Depois do aumento de 6% que começa a valer a partir da sexta-feira, 21, a gasolina acumula queda de 5% no preço das refinarias

Petrobras corta preço da gasolina em 9,5%; diesel cai 6,5%

Movimento responde à queda abrupta nas cotações internacionais do petróleo

Créditos do RenovaBio começam a deslanchar

Os Créditos de Descarbonização (CBio), primeiro mercado de carbono regulado no Brasil…