Após terminar 2018 em alta acima da inflação, o preço médio da gasolina e do diesel nas bombas caiu na primeira semana de 2019, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira (7) pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP).

Na semana encerrada em 5 de janeiro, o valor médio da gasolina caiu 0,32%, ou R$ 0,01, para R$ 4,33. O preço é uma média calculada pela ANP com os dados coletados nos postos, e, portanto, o valor pode variar de acordo com a região.

Na mesma semana, a Petrobras baixou os preços nas refinarias em cerca de R$ 0,05, ou aproximadamente 3,65%. O reajuste faz parte da política de preços da companhia, que busca acompanhar as cotações internacionais. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.

Já o diesel terminou a semana em queda de aproximadamente 0,28%, ou R$ 0,01. O valor médio calculado pela ANP foi de R$ 3,441 – número que, da mesma forma que a gasolina, pode variar de acordo com a região.

Nas refinarias, a Petrobras subiu o preço do diesel nas refinarias em cerca de 2,5%, ou cerca de R$ 0,05. A semana foi marcada pelo fim do programa do governo de subsídio ao diesel, cumprindo o prazo combinado com os caminhoneiros em 2018 para encerrar a greve da categoria.

Já o valor do etanol subiu 0,25% na semana, para R$ 2,83 por litro, em média. O preço do gás de cozinha também subiu, para R$ 69,34 o botijão.

Fonte: G1 Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Petrobras anuncia que vai vender 50% de Marlim, Voador, Marlim Leste e Marlim Sul

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (16/11) que está colocando à venda de…

Etanol: queda ou estabilidade ante risco de redução na gasolina por tombo do petróleo?

Os mais de 5% perdidos na quarta e os mais de 3,20%…

Transportadoras dizem que não apoiam chamada de greve de caminhoneiros

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) afirmou nesta quinta-feira que não apoia o movimento de caminhoneiros autônomos que tenta articular uma greve da categoria no país a partir da próxima segunda-feira.

Opep reduz previsão de demanda por petróleo em 2020; coronavírus gera dúvida sobre 2021

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) disse ontem que a demanda global por petróleo deve cair mais em 2020